Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.464,06
    -916,43 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,95 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,75
    +0,14 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.846,70
    -4,20 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    32.181,23
    -393,82 (-1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    648,43
    +1,11 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.654,01
    +15,16 (+0,23%)
     
  • HANG SENG

    29.633,64
    +242,38 (+0,82%)
     
  • NIKKEI

    28.683,94
    +137,76 (+0,48%)
     
  • NASDAQ

    13.556,25
    +70,75 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5146
    +0,0038 (+0,06%)
     

Covid-19: RJ tem maior média móvel de casos desde agosto; estado registra 29 mortes e 1.038 infectados em 24 horas

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Fabiano Rocha / Agência O GLOBO

O Estado do Rio registrou 29 mortes e 1.038 novos casos do novo coronavírus nesta segunda-feira, de acordo com a última atualização feita pelo governo estadual. Com isso, a média móvel, que indicou tendência de alta no contágio durante 13 dias, volta a apresentar estabilidade novamente. No entanto, a média móvel de casos é a maior desde o fim de agosto. Ao todo, são 354.354 infectados e 22.590 vidas perdidas em todo o território fluminense desde o início da pandemia, em março.

Com os dados atualizados, a média móvel passa a ser de 80 mortes e 2.238 casos. Em comparação com duas semanas atrás, a média móvel de casos apresenta aumento de 42%, e há queda de 1% na média móvel de mortes, o que, por estar abaixo de 15%, indica um possível cenário de estabilidade no contágio da doença.

A análise dos dados foi feita a partir do levantamento do consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo, que reúne informações das secretarias estaduais de Saúde.

A prefeitura ainda não divulgou informações atualizadas sobre a ocupação de leitos exclusivos para Covid-19 na rede SUS da capital. Até este domingo, a lotação era de 93% nas vagas de UTI, e de 72% nas enfermarias.