Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.472,93
    +529,61 (+2,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Covid-19: Rio aplica a partir de hoje reforço em pessoas com menos de 60 anos que estão vacinadas há pelo menos 3 meses

·2 min de leitura

A cidade do Rio começa nesta segunda-feira a aplicar a dose de reforço para pessoas com menos de 60 anos que completaram seu esquema vacinal há pelo menos três meses. Pessoas com 59 anos ou mais já podem tomar a nova injeção, que preferencialmente será, segundo recomendação da prefeitura, de outra marca que não a das duas primeiras doses — o chamado esquema heterólogo.

A partir de 6 de dezembro, pessoas com 58 anos ou mais também terão a possibilidadade de reforçar sua imunização. O calendário da prefeitura do Rio estabelece datas para toda a faixa de 55 anos ou mais. Veja:

Além disso, todos os adultos que completaram seu esquema vacinal há pelo menos cinco meses já podem receber o reforço. O calendário específico para as pessoas de 55 a 59 anos, que traz um intervalo menor entre as doses (de três meses), visa a adiantar o reforço para essa faixa etária, que, segundo a Secretaria municipal de Saúde (SMS), está mais vulnerável aos efeitos da Covid-19.

No sábado, a prefeitura também anunciou que todas as pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a vacina da Janssen há pelo menos cinco meses têm agora a possibilidade de receber uma dose de reforço da vacina da Pfizer. Quem tomou Janssen e quer receber a mesma vacina poderá fazê-lo a partir do dia 5 de dezembro, após o envio de um novo carregamento do imunizante para o Rio.

O uso de outra vacina no reforço de quem tomou Janssen é um esquema reconhecido pelo próprio fabricante. No Rio, a dose heteróloga será necessariamente de Pfizer. O esquema adotado pela prefeitura tem o objetivo de dar fim à incerteza dos milhares de pessoas que tomaram a vacina da Janssen e, devido a um desacordo entre o Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o ciclo vacinal do imunizante, não sabiam quando tomariam o reforço.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos