Mercado fechará em 4 hs

Covid-19: Portugal desenvolve máscara que inativa vírus

Primeira máscara em tecido testada contra o novo coronavírus e aprovada pelo Instituto de Medicina Molecular em Lisboa

Uma máscara que inativa o novo coronavírus foi desenvolvida pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes, em Portugal, com parceria entre empresas e centros acadêmicos.

De acordo com a agência EFE, a máscara chamada MOxAd-Tech já estava à venda desde abril, porém somente agora foi possível confirmar sua capacidade de inativar o vírus causador da Covid-19.

O resultado dos testes foi anunciado neste sábado (25), em Lisboa.

O item de proteção possui um revestimento que neutraliza o vírus “quando este entra em contato com o tecido, efeito que se mantém mesmo depois da realização de 50 lavagens”, explicaram os pesquisadores.

O equipamento contém um tecido com várias camadas diferentes, impermeável e reutilizável, que consegue reter 96% das partículas.

Cada máscara custa 10 euros (R$ 61, na cotação atual).