Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.590,80
    -1.746,04 (-4,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

A Covid-19 pode se tornar uma doença sazonal?

·2 minuto de leitura
A Covid-19 pode se tornar uma doença sazonal?
A Covid-19 pode se tornar uma doença sazonal?

Ao longo das décadas, a Covid-19 pode se tornar uma doença sazonal, causando não mais do que tosses semelhantes ao resfriado comum. Esse possível futuro é previsto por modelos matemáticos que incorporam lições aprendidas com a pandemia sobre como a imunidade de nosso corpo muda com o tempo.

A conclusão foi dada pelos cientistas da Universidade de Utah que realizaram a pesquisa. “Isso mostra um futuro possível que ainda não foi totalmente abordado”, afirmou Fred Adler, professor de matemática e ciências biológicas nos EUA. Ele disse que “na próxima década, a gravidade do Covid-19 pode diminuir à medida que as populações coletivamente desenvolver imunidade.”

As descobertas sugerem que as mudanças na doença podem ser impulsionadas por adaptações da resposta imunológica e não por mudanças no próprio vírus. Por mais que a Covid-19 seja muito conhecida, outros vírus sazonais circulam na população humana.

Leia também!

Para ter mais ideias, os pesquisadores construíram modelos matemáticos que incorporam evidências sobre a resposta imunológica do corpo. Portanto, uma pessoa exposta a uma pequena dose do vírus terá maior probabilidade de pegar um caso leve de Covid-19 e liberar pequenas quantidades do vírus.

Por outro lado, os adultos expostos a uma grande dose de vírus têm maior probabilidade de ter doenças graves e espalhar mais vírus. A execução de várias versões desses cenários mostrou que os mecanismos em combinação criam uma situação em que uma proporção crescente da população se torna predisposta a doenças leves em longo prazo.

Os modelos não levam em consideração todas as influências potenciais na trajetória da doença, como: se novas variantes de vírus superarem a imunidade parcial, a Covid-19 pode piorar. “Nossa próxima etapa é comparar nossas previsões de modelo com os dados mais recentes da doença para avaliar para que lado a pandemia está indo enquanto está acontecendo”, enfatizou Adler.

Fonte: Medical Xpress

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!