Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.380,14
    +429,44 (+1,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Covid-19 pode danificar tecido cardíaco, segundo estudo

·1 min de leitura

Em um estudo da University of Göttingen (Alemanha) publicado na última terça-feira (21), um grupo de pesquisadores detectou mudanças no tecido cardíaco de pacientes que morreram de covid-19. Eles fizeram uma análise do tecido afetado com o auxílio de um microscópio especial de raios-X.

Os cientistas criaram imagens da estrutura do tecido em alta resolução usando radiação chamada síncrotron. Ao fazer essa análise microscópica, eles observaram várias alterações nos vasos sanguíneos do tecido. O grupo ainda contou com uma técnica de machine learning.

Em comparação com um coração saudável, as imagens de raios-X de tecidos afetados pela forma grave da covid-19 tendem a tentar se formar novamente, mas essas novas formações ficam cheias de rachaduras. O estudo também menciona que as vítimas fatais da covid-19 tinham uma arquitetura extremamente caótica na formação dos vasos sanguíneos.

(Imagem: Salditt et al, University of Göttingen, 2021)
(Imagem: Salditt et al, University of Göttingen, 2021)

Segundo os pesquisadores, essas mudanças são as primeiras evidências visuais da ação de um dos principais responsáveis pelos danos pulmonares da covid-19 no coração das vítimas.

Covid-19 e coração

Não é a primeira vez que um estudo relaciona a covid-19 e o órgão. Ainda no início deste mês, no encontro anual da Sociedade Radiológica da América do Norte (RSNA), um novo estudo apresentou uma possível relação entre covid-19 e miocardite em jovens atletas. A miocardite afeta o ritmo e a capacidade de bombeamento do coração, formando cicatrizes no músculo cardíaco.

Já em setembro, cientistas do Reino Unido, descobriram que a proteína S (spike) do coronavírus pode alterar as células dos vasos sanguíneos ao redor do coração, modificando o funcionamento padrão.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos