Mercado fechado

COVID-19 | OMS suspende novamente testes com hidroxicloroquina

Nathan Vieira

No início de junho, pouco mais de uma semana depois de anunciar que havia interrompido testes com cloroquina e hidroxicloroquina por questões de segurança, a OMS (Organização Mundial de Saúde) acabou por revelar que os estudos clínicos com o medicamento no tratamento da COVID-19 seriam retomados. Entretanto, nesta quarta-feira (17), a organização anunciou pela segunda vez a suspensão dos ensaios clínicos com as drogas.

A decisão, quando anunciada pela primeira vez, aconteceu depois que um estudo sobre o uso do medicamento apontou que o seu uso pode ser fatal. A pesquisa contou com informações de mais de 96 mil pacientes. Dessa vez, a decisão foi anunciada por meio de uma coletiva de imprensa, após uma reunião onde discutiram os resultados da pesquisa Recovery, do Reino Unido, e de outros estudos que alegam que a hidroxicloroquina não tem eficácia na queda da taxa de mortalidade de pacientes com coronavírus ou no tempo de internação.

 OMS suspende novamente testes com hidroxicloroquina

"Hoje, há cinco minutos, nós finalizamos uma ligação com todos os pesquisadores no ensaio. Com base nas evidências disponíveis, a decisão tomada foi de parar a randomização com o ensaio da hidroxicloroquina", explicou Ana Maria Henao Restrepo, do programa de emergências em saúde da organização.

As autoridades da OMS também contaram que estão aguardando os dados completos de outro estudo esta semana, que usa um anti-inflamatório esteroide chamado dexametasona no combate à COVID-19, que teria reduzido as mortes, na pesquisa, em 1/3. Eles disseram que também estão analisando dados de outros estudos com esteroides contra a COVID-19, o que poderia levar a novas orientações clínicas para o tratamento de pacientes.

Fonte: Canaltech