Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.982,91
    +1.913,10 (+4,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Covid-19: Novo calendário de vacinação antecipa primeira dose em até 51 dias; confira as datas

·3 minuto de leitura

O novo calendário de vacinação contra a Covid-19 anunciado pela prefeitura do Rio prevê que todos os adultos recebam a primeira dose da imunização até o fim de agosto, 51 dias antes da primeira previsão. Também foi definido que os adolescentes de 12 a 17 anos sejam vacinados em setembro.

Em relação ao primeiro calendário, quem tem até 34 anos teve sua data de vacinação antecipada em duas semanas. A partir de 33 anos, já em agosto, o calendário deixa de ter três dias para cada idade e passa para uma data somente até o final em 15 de setembro com a vacinação de cariocas com 12 anos.

Gestantes e puérperas podem se vacinar contra a Covid-19 ao longo da próxima semana, de segunda-feira (21) a sábado (26). Este grupo recebe apenas imunizantes Pfizer ou CoronaVac por determinação do Ministério da Saúde.

Para atingir a meta de vacinar todos acima de 18 anos, a prefeitura precisará imunizar mais de dois milhões de cariocas nas próximas semanas. Segundo a prefeitura, o novo calendário foi feito a partir da previsão de entrega de vacinas pelo Ministério da Saúde.

— O que estamos vendo que a regularidade tem acontecido até de forma mais rápida. Muita gente perguntou se conseguiríamos cumprir o primeiro, mas era um calendário conservador — disse Paes.

4ª semana

5ª semana

1ª semana

2ª semana

3ª semana

4ª semana

5ª semana

1ª semana

2ª semana

3ª semana

4ª semana

5ª semana

1ª semana

2ª semana

3ª semana

O Rio atingiu, nesta quinta -feira, a marca de 50% da população acima de 18 anos vacinada com ao menos uma dose contra a Covid-19. Segundo o painel da prefeitura do Rio, mais de 2,6 milhões de pessoas já foram vacinadas na cidade contra o coronavírus. Os dados apontam também que 18,4% das pessoas já completaram o ciclo das duas doses das vacinas.

Nesta quinta-feira foram imunizados todos os cariocas com 51 anos. Entre eles está o prefeito Eduardo Paes, que recebeu a primeira dose da Fiocruz/AstraZeneca. Quem aplicou o imunizante foi o secretário de Saúde do município, Daniel Soranz.

— Vou vacinar da vacina carioca, da Fiocruz, a Astrazeneca — comemorou, sorridente, Paes, ao lado de Tia Surica na quadra da Portela.

O prefeito voltou a falar na "corrida" com outros estados e cidades para celeridade na vacinação.

— Fiz o desafio ao governador João Doria e ao Flávio Dino, que também tá bem adiantadinho, infelizmente ele vai ser difícil de alcançar... Mas vamos mostrar que carioca, malandro da Portela, não perde para ninguém. Então, vamos esperar ter boas notícias amanhã, acho que a gente vai conseguir. Estamos esperando um pouco, avaliando essa semana, as vacinas têm chegado com muita frequência, gostaria inclusive de agradecer ao Ministério da Saúde, à Fiocruz, porque fiz questão de ser vacinado pela AstraZeneca, uma vacina fabricada no RJ, que funciona, não tem problema nenhum. O mais importante nesse momento é todo mundo vir se vacinar, tomar as duas doses. A gente começa agora a ver alguma luz no fim do túnel.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos