Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.260,83
    -1.293,77 (-2,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

COVID-19: mundo ultrapassa marca de 100 milhões de casos

Nathan Vieira
·1 minuto de leitura

Em 2 de abril de 2020, nos surpreendemos com a marca de 1 milhão de casos de COVID-19 em todo o mundo. Quase um ano depois, em 26 de janeiro de 2021, chegamos à triste marca de 100 milhões de casos da doença no mundo. A informação chega por uma contagem da Universidade Johns Hopkins.

O marco ocorre menos de três meses depois que o mundo atingiu 50 milhões de casos. A Universidade aponta os EUA na liderança do número de casos, atualmente com mais de 25 milhões. A Índia ocupa o segundo lugar, com mais de 10,5 milhões de casos, e o Brasil vem em terceiro,d com quase nove milhões.

A marca dos 100 milhões ocorre em um momento em que os países ao redor do mundo lutam para se adaptar a novas variações do vírus, ao mesmo tempo em que a vacinação já começou em vários países, incluindo o Brasil, com essa primeira etapa contemplando profissionais da área da saúde.

COVID-19 chega a 100 milhões de casos no mundo (Imagem: Kjpargeter/Freepik)
COVID-19 chega a 100 milhões de casos no mundo (Imagem: Kjpargeter/Freepik)

Em dezembro de 2020, pesquisadores descobriram uma nova variante do coronavírus com maior capacidade de contaminação entre as pessoas. Segundo declaração da Organização Mundial de Saúde (OMS), ela já se espalhou para 50 países em todo o mundo. Enquanto isso, pesquisadores fizeram um alerta para uma nova variante do vírus descoberta em Manaus, que, segundo estudo da Universidade de São Paulo (USP), também tem mais potencial de transmissão e reinfecção.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: