Mercado abrirá em 1 h 45 min
  • BOVESPA

    124.612,03
    -1.391,83 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.910,53
    +12,74 (+0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,95
    +0,30 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.797,90
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    40.301,11
    +2.728,75 (+7,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    944,89
    +68,66 (+7,84%)
     
  • S&P500

    4.401,46
    -20,84 (-0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.058,52
    -85,79 (-0,24%)
     
  • FTSE

    7.009,49
    +13,41 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.971,25
    +23,50 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1165
    +0,0081 (+0,13%)
     

COVID-19, mesmo leve, gera forte resposta imune em crianças, diz estudo

·1 minuto de leitura

De acordo com uma nova pesquisa da Duke University School of Medicine (EUA), casos de COVID-19, memo os leves ou assintomáticos, podem desencadear uma forte resposta de anticorpos em crianças e adolescentes.

Essa resposta imunológica pode fornecer proteção contra infecções futuras, e para concluir isso, os pesquisadores mediram a carga de anticorpos em 69 pacientes de 2 meses a 21 anos com COVID-19 leve ou assintomática. Os anticorpos contra o coronavírus ainda estavam presentes na maioria dos participantes até quatro meses após a infecção.

COVID-19 gera anticorpos em crianças mesmo em casos leves, aponta estudo (Imagem: IciakPhotos/envato)
COVID-19 gera anticorpos em crianças mesmo em casos leves, aponta estudo (Imagem: IciakPhotos/envato)

Os pesquisadores também descobriram que os níveis de anticorpos das crianças eram iguais ou ligeiramente superiores aos dos adultos. As descobertas sugerem que dar vacinas contra COVID-19 para crianças pequenas pode levar a um nível de proteção de anticorpos semelhante ou maior do que o dos adultos.

Os pesquisadores relatam que, até então, a maioria dos estudos sobre as respostas imunológicas de crianças ao SARS-CoV-2 se concentraram em pacientes hospitalizados por COVID-19 grave, e o estudo em questão fornece informações de que as respostas imunes específicas do SARS-CoV-2 levam mais tempo para diminuir, no caso de crianças e adolescentes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos