Mercado fechado

Covid-19 aumenta risco de transtornos psiquiátricos, diz estudo

Marthe Fourcade
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Pacientes com Covid-19 são mais propensos a desenvolver transtornos psiquiátricos, como ansiedade ou depressão, segundo novo estudo que reforça evidências de problemas de saúde prolongados.

Quase 20% das pessoas receberam diagnóstico psiquiátrico no período de três meses após terem contraído Covid-19, segundo o estudo. Um em cada cinco sobreviventes de coronavírus apresentou ansiedade, depressão ou insônia pela primeira vez.

Algumas pessoas que se recuperaram da Covid-19 relataram deficiências duradouras como cicatrizes nos pulmões, fadiga e lesões cardíacas crônicas, as quais ainda são estudadas por cientistas. As descobertas do estudo sugerem que problemas psiquiátricos podem ser outro efeito da chamada Covid longa.

O estudo, publicado no The Lancet Psychiatry, se baseou em dados eletrônicos de saúde de 69 milhões de pessoas nos Estados Unidos, que incluíram mais de 62 mil casos de Covid-19. A pesquisa foi conduzida pelo departamento de psiquiatria da Universidade de Oxford e pelo NIHR Oxford Health Biomedical Research Centre.

Os pesquisadores também descobriram que pessoas com diagnóstico psiquiátrico pré-existente tinham 65% mais chances de serem diagnosticadas com Covid-19. Isso justificaria adicionar esses problemas à lista de fatores de risco para o coronavírus, disse um dos cientistas que conduziram a análise dos dados, juntamente com a idade avançada e problemas cardíacos.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.