Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    44.754,18
    -2.614,80 (-5,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Covid-19: Mundo ultrapassa marca de 100 milhões de casos enquanto países sofrem com falta de vacina

·1 minuto de leitura
Foto: Alexi Rosenfeld/Getty Images
Foto: Alexi Rosenfeld/Getty Images

Os casos de Covid-19 no mundo ultrapassaram 100 milhões nesta quarta-feira, de acordo com uma contagem da Reuters, e países de todo o mundo lutam com novas variantes do vírus e uma escassez de vacinas.

Quase 1,3% da população mundial já foi infectada pela Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, e mais de 2,1 milhões de pessoas morreram.

Leia também

Uma pessoa se infectou a cada 7,7 segundos, em média, desde o início do ano. Cerca de 668.250 casos foram relatados a cada dia no mesmo período, e a taxa global de mortalidade está em 2,15%.

Os países mais afetados --Estados Unidos, Índia, Brasil, Rússia e Reino Unido-- respondem por mais da metade de todos os casos relatados de Covid-19, mas representam 28% da população mundial, segundo uma análise da Reuters.

O mundo levou 11 meses para registrar os primeiros 50 milhões de casos da pandemia, mas só três meses para chegar a 100 milhões.

Cerca de 56 países começaram a vacinar as pessoas contra o coronavírus, administrando ao menos 64 milhões de doses. Israel lidera o planeta em vacinações per capita, já tendo inoculado 29% de sua população com ao menos uma dose.

***Por Shaina Ahluwalia e Roshan Abraham em Bengaluru, da Reuters