Mercado abrirá em 9 h 10 min
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,93
    +0,95 (+1,28%)
     
  • OURO

    1.759,30
    +7,60 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    44.000,09
    +1.751,25 (+4,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.096,84
    -6,22 (-0,56%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.345,36
    +153,20 (+0,63%)
     
  • NIKKEI

    30.358,62
    +109,81 (+0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.375,25
    +56,50 (+0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2576
    +0,0020 (+0,03%)
     

Coty pede registro para IPO no Brasil, mira subir no ranking e expansão na A.Latina

·1 minuto de leitura
Coty na Bolsa de NY

(Reuters) - A norte-americana Coty pediu aval para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de suas operações no Brasil para apoiar o crescimento da fabricante de cosméticos no país.

Segundo o prospecto preliminar da operação publicado nesta quinta-feira, Bank of America, Itaú BBA e Santander Brasil vão coordenar o IPO, que contempla a venda de ações novas (oferta primária, cujos recursos irão para o caixa da empresa), além de papéis detidos pelo controlador (secundária).

"Se a oferta for bem-sucedida, isso também ajudará a avançar a agenda de desalavancagem", afirmou a controladora, adicionando que deve seguir como sócia majoritária da unidade brasileira.

Segundo uma fonte familiar com os planos da empresa, a controladora tem plano de levantar pelo menos 1 bilhão de reais na oferta secundaria.

A companhia afirma ser uma das quatro maiores indústrias de beleza e cuidados pessoais de varejo no Brasil em participação de mercado, operando nas 9 das 10 principais categorias de beleza e cuidados pessoais.

No documento, a empresa afirma que pretende estar entre as três primeiras em cuidados pessoais femininos, em cuidados com a pele e em fragrâncias e ser líder em cosméticos, mas não menciona em que prazo.

"Nossa missão é aumentar o tamanho da companhia e nossa participação no mercado ao longo dos próximos anos", diz trecho do documento. A empresa também cita planos de "entregar produtos de qualidade a preços acessíveis para outros mercados, incluindo a América Latina".

Nos seis primeiros meses de 2021, a receita líquida cresceu 15,2% ante mesmo período do ano anterior, para 605 milhões de reais, com margem Ebitda ajustada subindo 0,1 ponto, a 19,2%.

(Por Paula Arend Laier, com reportagem adicional de Carolina Mandl e Aluísio Alves)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos