Mercado fechado

Cosmonautas realizam spacewalk com sucesso e preparam ISS para novo módulo

Danielle Cassita
·2 minuto de leitura

Na última quarta-feira (18), o cosmonauta Sergey Ryzhikov, comandante da Expedição 64, junto a seu colega russo Sergey Kud-Sverchkov, que é engenheiro de voo, realizaram com sucesso uma caminhada espacial com duração de 6 horas e 48 minutos. Esse foi o primeiro spacewalk da dupla, necessário para preparar o laboratório orbital para a chegada do novo módulo Nauka, o que deverá ocorrer ano que vem.

A caminhada espacial foi iniciada às 12h12 (horário de Brasília) com a inauguração do módulo Poisk — nome significa “pesquisa” em russo — como trava de ar; até então, o módulo vinha sendo usado como uma porta para veículos e naves cargueiras se acoplar à estação. Assim, foi feita a primeira abertura da escotilha da trava de ar do Poisk, e naquele momento os cosmonautas já vestiam os trajes espaciais. Enquanto estavam no módulo, eles fecharam a escotilha e reestabeleceram parcialmente a pressurização do Poisk para verificar a vedação da saída de ar.

Da esquerda para a direita, Sergey Ryzhikov e Sergey Kud-Sverchkov durante o spacewalk (Imagem: Reprodução/NASA)
Da esquerda para a direita, Sergey Ryzhikov e Sergey Kud-Sverchkov durante o spacewalk (Imagem: Reprodução/NASA)

Ao confirmarem que estava tudo certo, o Poisk voltou a ter vácuo e a escotilha foi reaberta para os cosmonautas realizarem os procedimentos fora da estação. “Bom, parabéns, você saiu!”, disse Ryzhikov a Kud-Sverchkov, que foi o primeiro a sair do módulo uma hora depois do início do spacewalk. O objetivo principal da atividade era realocar um cabo de telemetria do Pirs, o compartimento de acoplagem da estação, para o Poisk; o procedimento foi feito com sucesso, e o cabo foi movido da interface entre o módulo Zvezda e o Pirs para a interface entre o Zvezda e o Poisk. O Pirs foi lançado em 2001, mas deverá ser retirado de órbita por um veículo Progress no ano que vem para ser substituído pelo módulo Nauka, o futuro Módulo de Laboratório Multiuso (MLM).

Além de mover o cabo, Ryzhikov e Kud-Sverchkov também tentaram substituir um regulador de fluido no exterior do módulo Zarya para melhorar o fluxo dos fluidos através do sistema de encanamento do módulo. O novo regulador foi levado em um contêiner pressurizado, mas os cosmonautas não conseguiram abri-lo e foram instruídos pelo controle de missão a abandonar o procedimento de instalação, que será feito em outro spacewalk. Por fim, a dupla recuperou e instalou o hardware que mede impactos de detritos espaciais, além de reposicionar o instrumento que mede o resíduo deixado pela ignição de propulsores e fotografar defletores.

O spacewalk foi finalizado com o retorno de Ryzhikov e Kud-Sverchkov ao módulo Poisk, onde fecharam a escotilha às 19h. Esta caminhada espacial foi a 232º realizada para manutenção e atualização do laboratório orbital, e foi a oitava feita somente neste ano.

Você pode assistir à reprise da transmissão ao vivo, com duração de quase oito horas, no vídeo abaixo:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: