Mercado fechado

Cosmonautas estão testando equipamento que extrai a água da urina na ISS

Danielle Cassita
·1 minuto de leitura

A economia de água é uma preocupação recorrente entre os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS). Assim, os cosmonautas a bordo do laboratório orbital estão testando a eficiência do SRV-U-RS, um novo sistema experimental de reciclagem de água.

O equipamento já foi instalado no módulo Rassvet e funciona com a extração de água da urina humana para ser transformada em água potável. Assim, este sistema deverá ajudar na redução da quantidade de água necessária para ser enviada à ISS em cargueiros. Ivan Vagner, cosmonauta russo, explicou em sua conta do Twitter que a novidade faz parte do experimento Separatsia (em português, significa "separação"), onde eles colocam um balde de água destilada do sistema de regeneração da urina no sistema de regeneração de água condensada, que será regenerada em água potável. E ele ressaltou que iriam beber a água!

O módulo estadunidense no laboratório orbital também possui um dispositivo para reciclar a água da urina. Apesar de não serem novidade, estas tecnologias são importantes para a redução da quantidade de água necessária para ser enviada à ISS, uma vez que este líquido essencial para a sobrevivência humana é pesado e nada fácil de ser transportado.

Os sistemas de reciclagem de água são importantes tanto para a tripulação da ISS quanto para a NASA e seus planos de exploração de outros mundos: a agência planeja levar novos astronautas para a Lua em um futuro não tão distante e, eventualmente, até enviar humanos para Marte. Por isso, dominar a reciclagem de água será essencial para missões de longo prazo tão longe de casa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: