Mercado fechado

"Corrupção tem que ser praticada", diz candidato a prefeito em debate

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
Wallber Virgolino, candidato pelo Patriota à Prefeitura de João Pessoa (PB)
Wallber Virgolino, candidato pelo Patriota à Prefeitura de João Pessoa (PB)

Candidato a prefeito de João Pessoa pelo Patriota, Wallber Virgolino cometeu uma gafe durante um debate eleitoral realizado pela TV Arapuan, afiliada da RedeTV! na Paraíba.

Ao defender a transparência na gestão pública, Virgolino, que se apresenta como representante do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na disputa municipal e já foi delegado da Polícia Civil, afirmou que é preciso “praticar a corrupção”.

“Se chegarmos à prefeitura, a gente pretende fazer uma operação pente-fino em todas as secretarias. Corrupção tem que ser praticada, não apenas falada”, afirmou o candidato.

Virgolino, caso seja eleito, prometeu entregar a Controladoria-Geral do município a um policial federal ou a um integrante do Ministério Público.

Sem perceber que havia cometido um deslize na frase anterior, o candidato prosseguiu seu discurso: “Só se combate a corrupção abrindo essa caixa-preta. Não tenho nada a esconder”, completou Virgolino.

Em seu Instagram, o candidato afirmou ter cometido o ato falho em função do "cansaço” e acusou os concorrentes ao cargo de prefeito de pagarem para jornalistas divulgarem a frase equivocada.

“Tentaram ridicularizar minha fala só porque sou aliado de Bolsonaro, mas me deram ibope positivo, porque quando criticam a fala, um lapso em virtude do cansaço, mostram meu currículo”, afirmou.