Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.532,95
    +674,09 (+0,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.950,64
    +345,08 (+0,68%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,70
    +2,21 (+3,18%)
     
  • OURO

    1.785,40
    +5,90 (+0,33%)
     
  • BTC-USD

    50.800,89
    +1.806,53 (+3,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.310,62
    -10,66 (-0,81%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.455,60
    +528,23 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    16.337,75
    +495,00 (+3,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3246
    -0,0990 (-1,54%)
     

Correios recebem multa de R$ 114 mil por atrasar entregas

·1 min de leitura
Vãs dos Correios
Consumidores também relataram dificuldade de se comunicar com as agências e respostas vagas sobre o processo de conclusão do serviço

(Getty Images)

  • Correios são multados por atraso nas entregas 

  • Empresa terá que pagar R$ 114 mil 

  • Procon-RJ foi o responsável pela sanção após reclamações aumentarem 374%

O Procon-RJ multou os Correios em R$ 114 mil por conta de entregas atrasadas. Entre fevereiro e agosto de 2020, houve um aumento de 374% nas reclamações, em comparação com 2019.

Segundo a entidade, os protestos foram respondidos de forma vaga pela empresa, sem “qualquer perspectiva de conclusão dos serviços”. Em outros casos, os consumidores enfrentaram dificuldades para contatar a empresa.

Leia também:

"Os consumidores tiveram que sair do isolamento social e buscar uma das agências para tentar uma resposta a respeito da não entrega das encomendas. Ou ainda para pegar os pacotes que deveriam ter sido entregues nas próprias residências”, disse Cássio Coelho, presidente do Procon-RJ.

A empresa já havia sido notificada, anteriormente, sobre os problemas que estavam sendo pontuados. No entanto, manteve a resposta genérica de que os atrasos ocorriam por conta da pandemia de Covid-19 e da diminuição da quantidade de empregados, sem informar quais medidas estavam sendo tomadas para melhorar o serviço.

Os correios têm o prazo de 15 dias para recorrer da multa aplicada pelo Procon-RJ. As informações são do portal O Dia. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos