Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.680,46
    -758,05 (-1,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

CORREÇÃO-Wall St tem leve queda no dia, mas garante desempenho positivo em agosto (31 Ago)

·2 minuto de leitura

(Corrige, em nota de 31 de agosto, no 5º parágrafo para SpiderRock em vez de SpringRock)

Por David French

(Reuters) - Os principais índices acionários de Wall Street encerraram esta terça-feira em leve queda, embora o movimento não tenha sido suficiente para reverter a forte performance de agosto, período tradicionalmente conhecido como calmo para os mercados acionários.

Após terem cravado máximas recordes na segunda quinzena do mês, incluindo quatro fechamentos do S&P 500 em patamares recordes em cinco sessões até esta terça-feira, os três "benchmarks" do mercado norte-americano foram pressionados pelos papéis de tecnologia no último dia de agosto.

Para o S&P, que avançou 2,9% em agosto, este foi o sétimo mês consecutivo de ganhos, enquanto Dow e Nasdaq subiram 1,2% e 4%, respectivamente, desde o final de julho.

A performance reflete o nível de confiança do investidor nas ações norte-americanas, derivado do reiterado tom "dovish" (tolerante com a inflação) do Federal Reserve em relação à redução gradual de seu enorme programa de estímulos.

"Depois de toda a intervenção monetária e fiscal, a questão é para onde vamos agora. O S&P vai para 5.000 pontos? Como chegar até lá?", disse Eric Metz, presidente-executivo da SpiderRock Advisors.

"De onde virá a liderança para que as ações subam? É o crescimento dos lucros, é crescimento versus valor, tecnologia ou energia? Tudo isso precisa ser definido, mas acho que a próxima etapa de alta para o mercado acionário será guiada por setores", acrescentou Metz.

O índice Dow Jones caiu 0,11%, a 35.361 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,134915%, a 4.523 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,04%, a 15.259 pontos.

(Reportagem de Shashank Nayar, em Bengaluru, e David French, em Nova York)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos