Mercado fechado

Correção: Taurus anuncia joint venture para comercialização de armas na Índia

Fabiana Holtz

A nota enviada anteriormente continha uma incorreção no primeiro parágrafo. O acordo para joint venture com a indiana Jindal foi assinado nesta segunda-feira, 27, e não no dia 22, como constava. Segue o texto corrigido.

A Taurus Armas informa que foi assinado nesta segunda-feira, 27, acordo definitivo com a Jindal Group para criação de uma joint venture que permitirá a fabricação e comercialização de armas na Índia. A associação, que foi autorizada pelo Conselho de Administração no último dia 22, após estudos de viabilidade, prevê condições precedentes.

Conforme fato relevante divulgado na manhã desta segunda, a assinatura do acordo aconteceu durante a missão comercial do governo Bolsonaro na Índia.

A Jindal Group, maior fabricante de aço da Índia e uma das dez maiores do mundo, terá 51% do capital da joint venture e a Taurus, 49% do capital. A joint venture criada irá implantar uma fábrica de armas na Índia, onde serão produzidos fuzis, pistolas e revólveres, para os mercados civis, de segurança pública e militar.

"A Taurus segue firme no processo de reestruturação baseado em rentabilidade sustentável, qualidade e melhora dos indicadores financeiros e operacionais, além do forte investimento no desenvolvimento de novos produtos e tecnologias", acrescenta a companhia.