Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.559,05
    +1.693,64 (+4,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Coronavirus: Rio confirma dois casos de variante delta

·2 minuto de leitura
People wearing face masks queue for their turn to receive a dose of the COVID-19 vaccine at a vaccination center on Cangulo square, Saracuruna neighbourhood, in Duque de Caxias, Rio de Janeiro state, Brazil, on March 30, 2021. (Photo by Mauro Pimentel / AFP) (Photo by MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
People wearing face masks queue for their turn to receive a dose of the COVID-19 vaccine at a vaccination center on Cangulo square, Saracuruna neighbourhood, in Duque de Caxias, Rio de Janeiro state, Brazil, on March 30, 2021. (Photo by Mauro Pimentel / AFP) (Photo by MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro identificou dois casos de síndrome gripal por covid-19 relacionados à variante delta na capital fluminense. Tratam-se de dois homens de 27 e 30 anos, residentes dos bairros de Vila Isabel e Paquetá. As informações são do UOL Notícias.

A investigação epidemiológica está em curso pelas equipes da Vigilância em Saúde da SMS. A SMS segue fazendo o acompanhamento epidemiológico da pandemia na cidade e, em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde e a Fiocruz, o monitoramento da entrada de diferentes cepas. 

Leia também

Em nota, a SMS também afirmou que segue fazendo o acompanhamento epidemiológico da covid-19 na cidade do Rio e reforçou que, independentemente da existência de novas variantes, as medidas preventivas — uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos, por exemplo.

Mulher grávida é primeira pessoa a falecer de variante Delta no Brasil

Uma mulher grávida de 42 anos foi a primeira pessoa a morrer pela variante Delta, também conhecida como cepa indiana, no Brasil. Ela faleceu no fim de abril no Paraná.

A variante, que foi identificada pela primeira vez na Índia, já circula por 92 países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com o Ministério da Saúde, já foram identificados onze casos de infecção pela cepa, incluindo da mulher que veio a falecer.

A única região que não registrou a variante foi a Norte. Os primeiros registros foram confirmados em maio, entre tripulantes do navio MV Shandong da Zhi, que atracou em São Luís, e somam seis dos onze casos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos