Mercado fechará em 6 h 3 min

Coronavírus: Governo anuncia parceria para produção de vacina de Oxford

(Foto: Getty Images)

O Ministério da Saúde anunciou uma parceria para o desenvolvimento e produção de vacina contra a Covid-19, considerada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) a “mais adiantada no mundo”, pesquisada pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Em comunicado divulgado neste sábado (27), o Ministério da Saúde informou ter aceitado uma proposta da embaixada britânica e a farmacêutica de acordo de cooperação no desenvolvimento tecnológico e acesso do Brasil à vacina para o novo coronavírus.

O acordo prevê compra de 100 milhões de doses da vacina, divididas em dois lotes, e transferência de tecnologia, que no Brasil será desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), fundação do Ministério da Saúde.

Leia também

O país encomendará frascos da imunização e assumirá os custos de parte da pesquisa. Caso a vacina se mostre eficaz e segura, a compra será ampliada. A pasta estuda a aquisição inicial de 70 milhões de doses, cada uma ao custo estimado de US$ 2,30 (cerca de R$12,60).

"Nessa fase inicial, de risco assumido, serão 30,4 milhões de doses da vacina, no valor total de U$ 127 milhões, incluídos os custos de transferência da tecnologia e do processo produtivo da Fiocruz, estimados em U$ 30 milhões. Os dois lotes a serem disponibilizados à Fiocruz, de 15,2 milhões de doses cada, deverão ser entregues em dezembro de 2020 e janeiro de 2021", diz o comunicado.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.