Mercado fechado

Coronavírus: British Airways cancela voos para os EUA

Juliano Passaro
Coronavírus: British Airways cancela voos para os EUA

A British Airways comunicou que está cancelando voos de Londres para os Estados Unidos conforme a diminuição de solicitações de passageiros. Isso porque o surto de coronavírus no mundo tem afetado diretamente as viagens dos consumidores. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (2).

A empresa britânica também cancelou alguns voos de curta distância para outros países, em decorrência do Covid-19, como:

  • Itália
  • França
  • Alemanha 

Além disso, outras regiões na Europa também terão voos, que partiriam dos aeroportos de Heathrow, Gatwick e City, em Londres, cancelados.

Coronavírus já havia impactado a British Airways na China

Ao final de janeiro, a companhia britânica British Airways informou que suspenderia todos os voos diretos para a China. Isso porque o Reino Unido emitiu um alerta sobre viagens ao país asiático durante esta época de epidemia do coronavírus.

Além disso, na primeira semana de fevereiro, outra gigante aérea, a American Airlines, informou que ampliou o prazo de suspensão de voos para Hong Kong e China para 23 e 24 de abril por conta do coronavírus. Assim, outras companhias fizeram o mesmo, como a British Airways, a United e a Air Canada.

Covid-19 no Brasil e em Portugal

O Ministério da Saúde confirmou, no último sábado (29), o segundo caso de coronavírus no Brasil. Trata-se de um homem de 32 anos, que também esteve na Itália,assim como a primeira vítima confirmada na última semana.

O paciente atestado com a doença esteve em Lombardia, um dos locais mais afetados pela epidemia na Itália, e retornou a São Paulo na última quinta-feira (27). O homem teve sintomas como febre, tosse e dor de cabeça e garganta. Ele foi atendido pelo hospital Albert Einstein no dia 28.

Veja também: Coronavírus: OCDE prevê o menor crescimento global desde 2009

Além disso, nesta segunda-feira (2) foi registrado o primeiro caso do coronavírus em Portugal. A vítima é um homem de 60 que viajou recentemente ao Norte da Itália, onde está a concentração da epidemia na Europa, onde 31 países já registraram a chegada do vírus.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até o último sábado já haviam sido confirmados 85,4 mil casos de coronavírus em 55 países, com 2,9 mil mortes registradas. Dos casos confirmados, 97% são oriundos do território chinês. As mortes seguem a mesma linha, sendo que 93% das fatalidades foram na China.