Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.605,54
    -1.411,46 (-1,40%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.001,31
    -244,59 (-0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,96
    -0,61 (-1,54%)
     
  • OURO

    1.907,90
    -4,00 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    13.737,00
    +48,93 (+0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    271,71
    +10,42 (+3,99%)
     
  • S&P500

    3.390,68
    -10,29 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    27.463,19
    -222,21 (-0,80%)
     
  • FTSE

    5.728,99
    -63,02 (-1,09%)
     
  • HANG SENG

    24.787,19
    -131,61 (-0,53%)
     
  • NIKKEI

    23.385,18
    -109,12 (-0,46%)
     
  • NASDAQ

    11.532,00
    -56,00 (-0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6795
    +0,0390 (+0,59%)
     

Corinthians vai conversar com Dunga e Sylvinho

Jorge Nicola
·2 minutos de leitura
Dunga não trabalha desde 2016, quando foi demitido da seleção (Tim Clayton/Getty Images)
Dunga não trabalha desde 2016, quando foi demitido da seleção (Tim Clayton/Getty Images)

O empate do Corinthians com o Atlético-GO acabou com a esperança da diretoria em relação ao trabalho de Dyego Coelho. Tanto que, nas últimas horas, o clube decidiu abrir conversas com Dunga e Sylvinho, os dois nomes preferidos do presidente Andrés Sanchez para assumir o Timão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Ambos já trabalharam com Andrés. Dunga na seleção brasileira, como técnico, enquanto o presidente corintiano ocupava cargo de diretor da CBF. Já Sylvinho foi auxiliar-técnico de Tite durante um longo período no próprio Corinthians.

Leia também:

É importante frisar que Andrés tentou a todo custo que Coelho se tornasse o comandante alvinegro. Afinal, ele é da casa, muito mais barato e de excelente trânsito com a diretoria. Mas a falta de resultados e de desempenho acabaram minando a continuidade do interino.

Nos quatro jogos à frente do Timão, Coelho conquistou uma vitória (apertada contra o Bahia), um empate (diante do Atlético-GO) e derrotas para Fluminense e Sport, ambas fora de casa. “Até parecia que o Atlético-GO era o Bayern de Munique, tamanha a superioridade deles em cima da gente”, afirmou um dirigente alvinegro, em contato com o Blog.

Ainda que se acerte com Dunga ou Sylvinho, o Corinthians terá Coelho como técnico no sábado, contra o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista. A ideia da diretoria é de que o novo comandante assuma na segunda-feira.

A proximidade da zona de rebaixamento, a eleição para presidente, marcada para 28 de novembro, e a insatisfação geral em relação ao trabalho de Coelho são as justificativas para a procura por um treinador. Vale lembrar que o Timão é só o 14º colocado na classificação do Brasileirão, com 13 pontos em 12 jogos. O Coritiba, primeiro time no Z4, tem dois pontos a menos.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos