Mercado fechará em 3 h 15 min
  • BOVESPA

    120.359,33
    +1.062,20 (+0,89%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.128,07
    +624,36 (+1,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,27
    +3,09 (+5,13%)
     
  • OURO

    1.736,70
    -10,90 (-0,62%)
     
  • BTC-USD

    63.526,47
    -77,37 (-0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.373,79
    -1,99 (-0,14%)
     
  • S&P500

    4.147,40
    +5,81 (+0,14%)
     
  • DOW JONES

    33.890,41
    +213,14 (+0,63%)
     
  • FTSE

    6.939,58
    +49,09 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    +82,29 (+0,28%)
     
  • NASDAQ

    13.900,25
    -75,50 (-0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7967
    -0,0345 (-0,51%)
     

Corinthians tenta contratação de Marlon Freitas

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Marlon Freitas em ação contra o Corinthians, no ano passado (Ettore Chiereguini/Agif)
Marlon Freitas em ação contra o Corinthians, no ano passado (Ettore Chiereguini/Agif)

O Corinthians ainda não contratou reforços em 2021, mas uma das prioridades na lista de Vagner Mancini é Marlon Freitas, volante de 25 anos de idade do Atlético-GO. O treinador trabalhou com o atleta em 2020 e já solicitou à diretoria alvinegra sua chegada.

Marlon foi formado na base do Fluminense e está no time goiano há uma temporada. Seu contrato só se encerra em dezembro de 2022. A primeira proposta corintiana foi de empréstimo, já recusada pelo Dragão.

Leia também:

Tudo porque Marlon Freitas é um dos protagonistas do Atlético e só sairá diante de uma proposta de compra. O problema é justamente esse: o Corinthians não está disposto a fazer grandes investimentos, o que justifica a ausência de reforços até agora.

A relação entre as diretorias de Corinthians e Atlético-GO é boa. Janderson e João Victor estiveram emprestados pelo Timão na última temporada e o primeiro, inclusive, ficará mais dez meses.

Diante disso, uma das alternativas seria tentar convencer o presidente do Atlético, Adson Batista, a aceitar uma troca, que incluiria o repasse de outros atletas.

Depois de deixar as categorias de base do Flu, Marlon Freitas passou pela Eslováquia e esteve no Criciúma e no Botafogo-SP até fechar com o Atlético-GO, onde fez 50 jogos e marcou dois gols.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola