Mercado fechará em 1 h 42 min
  • BOVESPA

    113.148,79
    -915,57 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.273,92
    -190,35 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,96
    +0,66 (+0,90%)
     
  • OURO

    1.747,70
    -2,10 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    42.094,90
    -2.461,61 (-5,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.047,74
    -55,32 (-5,02%)
     
  • S&P500

    4.447,86
    -1,12 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.757,07
    -7,75 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.266,75
    -36,75 (-0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2647
    +0,0397 (+0,64%)
     

Corinthians segue no aguardo por Roger Guedes e não irá se envolver em rescisão na China

·2 minuto de leitura
Corinthians segue no aguardo por Roger Guedes e não irá se envolver em rescisão na China


O Corinthians já admitiu publicamente o interesse em Roger Guedes e esse é, de fato, o principal alvo do clube para reforçar o ataque. No entanto, aquilo que parecia uma negociação com desfecho iminente, tem passado por entraves. Tudo por causa do impasse na rescisão contratual com o Shandong Luneng, da China, situação em que o Timão não se envolverá, deixando a tarefa a cargo do estafe do atleta.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja atletas do Timão com mais gols no Brasileirão de pontos corridos

Segundo apurou o LANCE!, a diretoria corintiana descarta completamente a possibilidade de desembolsar alguma compensação financeira para o clube chinês a fim de adiantar a negociação. Primeiramente por não dispor desse tipo de valor e depois por não querer fazer nova divida por em meio a crise.

Por não ter valores pendentes com o Shandong, não existe para Guedes o argumento usado por Renato Augusto, por exemplo, que estava há meio ano sem receber salários e negociou sua saída amigável. Dessa forma, os chineses querem receber alguma compensação pela rescisão e isso tem travado o acordo.

O estafe de Roger Guedes é o encarregado de cuidar das tratativas e já sabe que o Corinthians não vai se envolver nesse assunto, por mais que hoje seja o principal interessado na contratação do atacante. O jogo duro dos chineses precisará ser destravado sem a participação do Alvinegro, que aguarda.

Como foi dito por Roberto de Andrade recentemente, o Timão apenas vai entrar oficialmente no assunto quando o jogador estiver livre. Embora as partes já tenham um acordo apalavrado sobre valores e tempo de contrato, isso é negado em público por motivos éticos e para evitar criar a expectativa, justamente pelo impasse já previsto nas conversas com os chineses.

No cenário atual, não há previsão para um desfecho, nem positivo nem negativo, e o Corinthians tem conhecimento dessas etapas. As conversas seguem na China, enquanto jogador e clube aguardam no Brasil. Roger Guedes continua sendo o principal alvo corintiano para o ataque e há o entendimento de que vale a pena esperar o desenrolar dessa novela que já é bem longa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos