Mercado fechado

Coreia do Sul registra mais casos de coronavírus que a China pelo 2º dia seguido

Lucas de Vitta

A maior parte dos casos foi diagnosticada em Daegu, a quarta maior cidade e epicentro da epidemia na Coreia do Sul O Centro de Prevenção e Controle de Doenças (KCDC, na sigla em inglês) da Coreia do Sul informou nesta sexta-feira que registrou mais 571 casos do novo coronavírus no país, superando pelo segundo dia seguido o número de pessoas diagnosticadas com a cepa do Sars-Cov 2 na China.

Lee Moo-ryul/Newsis via AP

Em relação ao boletim divulgado na última quinta-feira, não houve novas mortes na Coreia do Sul, de acordo com o KCDC, que agora totaliza 2.337 pessoas infectadas com o novo coronavírus no país. Enquanto isso, a Comissão Nacional de Saúde (NHC) da China confirmou 327 novos casos e 44 mortes em decorrência do vírus nas últimas 24 horas.

OMS eleva nível de risco do coronavíus para “muito alto”

Agências dos EUA vão acelerar aprovação de tratamentos

Irã eleva número de mortos por coronavírus para 34

Dos 571 novos casos sul-coreanos – o maior número registrado pelo KCDC desde o início da crise –, 447 foram diagnosticados em Daegu, a quarta maior cidade e epicentro da epidemia no país.

Segundo o KCDC, 42% dos casos diagnosticados em Daegu têm relação com a Igreja Shincheonji de Jesus.

A expectativa de especialistas é que o número de pessoas infectadas no país suba exponencialmente nos próximos dias porque as autoridades locais começaram a realizar exames em mais de 210 mil membros da seita religiosa.