Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.207,96
    +766,93 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.029,54
    -256,92 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,38
    +0,50 (+0,71%)
     
  • OURO

    1.868,20
    +2,30 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    40.285,66
    +1.278,66 (+3,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.008,10
    +39,26 (+4,05%)
     
  • S&P500

    4.255,15
    +7,71 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.393,75
    -85,85 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.393,69
    +231,89 (+0,80%)
     
  • NASDAQ

    14.153,50
    +28,75 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1437
    +0,0122 (+0,20%)
     

Coreia do Sul assina acordo Artemis e está mais próximo da Lua

·1 minuto de leitura
Coreia do Sul assina acordo Artemis e está mais próximo da Lua
Coreia do Sul assina acordo Artemis e está mais próximo da Lua

A Coreia do Sul se tornou o décimo país a assinar o acordo Artemis, que estabelece a exploração responsável da Lua. O nome se dá por conta do programa Artemis, da Nasa, que quer restabelecer a presença humana na Lua até o final da década de 2020.

Além dos sul-coreanos e dos Estados Unidos, Austrália, Canadá, Itália, Japão, Luxemburgo, Ucrânia, Reino Unido e Emirados Árabes Unidos já assinaram acordos.

O interesse da Coreia do Sul por chegar à Lua tem crescido nos últimos meses. O país pretende enviar o próprio módulo de pouso para nosso satélite natural até 2030. O plano é usar um foguete desenvolvido internamente para lançar uma sonda robótica.

O país trabalha em um foguete de três estágios conhecido como Veículo de Lançamento Espacial da Coreia, ou Nuri, e o primeiro voo está planejado para acontecer em outubro deste ano.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!