Mercado fechado

Coração industrial da China mostra forte queda de poluição do ar

Pete Norman

(Bloomberg) -- As medidas de bloqueio da China para minimizar a propagação do coronavírus criaram um resultado inesperado: uma melhora drástica da qualidade do ar do país.

Satélites operados pela NASA e Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) detectaram queda significativa dos principais poluentes do ar em grandes áreas do país.

As imagens anteriores e posteriores mostram como os níveis de dióxido de nitrogênio despencaram em fevereiro em comparação com janeiro deste ano, antes dos bloqueios. O dióxido de nitrogênio é um gás nocivo emitido por fábricas, veículos automotivos e centrais geradoras de eletricidade que operam com combustíveis fósseis.

Os dados foram coletados pelo satélite Sentinel-5 da ESA. As medições de ozônio da nave espacial Aura, da NASA, mostraram resultados semelhantes.

Pela primeira vez, cientistas da NASA detectaram a redução dos poluentes nos arredores de Wuhan, na província de Hubei. Acredita-se que um mercado de alimentos na cidade seja o epicentro do novo surto de coronavírus, que se espalhou para mais de 50 países.

“É a primeira vez que vejo uma queda tão drástica em uma área tão ampla para um evento específico”, disse Fei Liu, pesquisadora de qualidade do ar do Centro de Voo Espacial Goddard da NASA.

Cientistas já haviam observado quedas dos níveis de dióxido de nitrogênio durante a crise financeira global e, mais regionalmente, durante as Olimpíadas de Pequim em 2008.

Pesquisadores dizem que os níveis de poluentes da China normalmente caem em fevereiro, quando as fábricas fazem uma pausa para as comemorações do Ano Novo Lunar, quando ocorre a maior migração anual em massa do mundo. Mas a recuperação habitual nos níveis de poluentes não ocorreu no mês passado, o que ajuda a ilustrar a escala das paralisações na segunda maior economia do mundo.

“Este ano, a taxa de redução é mais significativa do que nos anos anteriores e durou mais”, disse Liu. “Não estou surpresa, porque muitas cidades em todo o país adotaram medidas para minimizar a propagação do vírus.”

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net

Repórter da matéria original: Pete Norman London, pnorman6@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Andrew Davis, abdavis@bloomberg.net, Nate Lanxon, James Amott

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.