Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.956,95
    -1.618,52 (-1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.773,11
    +98,81 (+0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,21
    -0,32 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.780,20
    -7,90 (-0,44%)
     
  • BTC-USD

    19.409,01
    0,00 (0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    381,22
    +16,62 (+4,56%)
     
  • S&P500

    3.617,30
    -21,05 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    29.581,56
    -328,81 (-1,10%)
     
  • FTSE

    6.266,19
    -101,39 (-1,59%)
     
  • HANG SENG

    26.341,49
    -553,19 (-2,06%)
     
  • NIKKEI

    26.433,62
    -211,09 (-0,79%)
     
  • NASDAQ

    12.260,50
    +3,00 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3920
    +0,0174 (+0,27%)
     

Copel vende ativos de telecom ao fundo Bordeaux em leilão por R$2,395 bi

Por Luciano Costa
·2 minuto de leitura
Imagem de leilão na B3, a bolsa de valores de São Paulo
Imagem de leilão na B3, a bolsa de valores de São Paulo

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A estatal paranaense de energia Copel vendeu sua unidade de telecomunicações em leilão na bolsa B3 nesta segunda-feira, por 2,395 bilhões de reais, para o fundo de investimentos Bordeaux, e assim deverá aumentar o foco de seus aportes no setor elétrico.

A proposta vitoriosa pela Copel Telecom foi bem superior ao preço mínimo de 1,4 bilhão de reais definido para a empresa e superou em disputa viva-voz ofertas rivais da Algar Soluções, que chegou a fazer um lance de 2,385 bilhões de reais.

Também participaram da disputa um consórcio com participação da Telefonica Brasil e um grupo com o banco BTG Pactual, que fizeram propostas de 1,4 bilhão e 1,75 bilhão de reais, respectivamente.

O presidente da Copel, Daniel Slaviero, disse que com a operação a estatal buscará focar em seus negócios principais, em geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia.

"Essa é uma diretriz muito clara e já dita e repetida muitas vezes pelo nosso governador e nosso conselho", afirmou ele, ao comemorar os resultados da licitação.

Analisas do Itaú BBA escreveram em relatório antes do leilão que uma venda da Copel Telecom pelo valor mínimo previsto na licitação, de 1,4 bilhão de reais, poderia representar uma criação de valor de 688 milhões de reais para a Copel, equivalente a 2,5 reais por ação.

As ações da Copel subiam quase 1,9% por volta das 15:35 (horário de Brasília), a 69,74 reais, depois de chegarem a tocar máxima de 70,73 reais com o resultado do pregão.

A Copel Telecom possui 100% de sua tecnologia em fibra ótica e dispõe de 36 mil km de cabos que levam internet de alta velocidade aos 399 municípios do Paraná.

(Por Luciano Costa)