Mercado fechará em 5 h 37 min
  • BOVESPA

    109.903,38
    -48,11 (-0,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,94
    -0,53 (-0,68%)
     
  • OURO

    1.894,00
    +3,30 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    22.735,09
    -385,07 (-1,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,93
    -12,97 (-2,41%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.944,74
    +59,57 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    21.624,36
    +340,84 (+1,60%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.679,00
    +133,75 (+1,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5994
    +0,0320 (+0,57%)
     

Copel renova concessão da Compagas e abre caminho para venda da distribuidora de gás

SÃO PAULO (Reuters) - A distribuidora de gás Compagas assinou com o governo do Paraná a renovação de sua concessão por mais 30 anos, em um importante passo para que sua controladora, a elétrica Copel, possa realizar o desinvestimento do ativo.

Segundo comunicado da Copel divulgado na noite de terça-feira, a renovação do contrato da Compagas tem como principais diretrizes a adoção do modelo regulatório de tarifa teto, em substituição ao modelo atual "cost plus"; a remuneração com base no custo médio ponderado de capital (WACC), inicialmente de 9,125% a.a.; e uma Base de Remuneração Regulatória Líquida (BRRL) inicial de 647,8 milhões de reais.

O processo exige o pagamento de um bônus de outorga de 508,0 milhões de reais em favor do Estado do Paraná. Estão previstos investimentos (Capex) de 2,5 bilhões de reais a serem realizados ao longo dos 30 anos de concessão.

Com uma rede de mais de 860 quilômetros de extensão, a distribuidora atende clientes dos segmentos industrial, comercial, residencial, de transportes e de geração elétrica no Paraná. Seus mais de 53 mil clientes consomem diariamente cerca de 1 milhão de metros cúbicos de gás natural.

Dona de 51% da Compagas, a Copel tem planos de vender a totalidade de sua participação no ativo, que não integra seu "core business". Também são acionistas da distribuidora a Mitsui, com 24,5%, e a Commit Gás, da Cosan, com 24,5%.

(Por Letícia Fucuchima)