Mercado abrirá em 9 h 50 min
  • BOVESPA

    130.207,96
    +766,93 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.029,54
    -256,92 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,02
    +0,14 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.863,50
    -2,40 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    40.439,52
    +1.529,20 (+3,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.010,50
    +41,66 (+4,30%)
     
  • S&P500

    4.255,15
    +7,71 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.393,75
    -85,85 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.513,32
    -328,81 (-1,14%)
     
  • NIKKEI

    29.375,94
    +214,14 (+0,73%)
     
  • NASDAQ

    14.140,75
    +16,00 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1457
    +0,0142 (+0,23%)
     

Copacabana Palace é multado em R$ 15 mil por festa com aglomeração

·1 minuto de leitura

A prefeitura do Rio de Janeiro multou o Copacabana Palace em R$15.466,81 por infração sanitária gravíssima devido à constatação de aglomeração em festa ocorrida na noite da última sexta-feira (14). Também foi determinada a interdição para realização de festas no hotel, localizado na orla de Copacabana, por um período de 10 dias a contar de ontem (15).

Na noite de sexta-feira, a Secretaria de Ordem Pública e a vigilância sanitária realizaram fiscalização no Copacabana Palace, mas não identificaram nenhuma infração durante a permanência dos agentes municipais.

Em nota, a secretaria informou que, neste sábado, após análise de imagens divulgadas pela imprensa e pelas redes sociais, a vigilância sanitária constatou desobediência às medidas determinadas por decreto municipal de enfrentamento à pandemia de covid-19, em vigor até 20 de maio.

“Nas referidas imagens, foi constatada aglomeração generalizada em frente à apresentação musical, caracterizando pista de dança. Os convidados não usavam máscara facial e não respeitavam o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os participantes. Na entrada do estabelecimento, as imagens também evidenciaram aglomeração em fila de espera e acesso desordenado ao local”, informou a pasta.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do hotel e aguarda posicionamento.