Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.363,34
    +668,28 (+2,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Controladora do Facebook deve captar US$10 bi em 1ª emissão de dívida, dizem fontes

Por Nivedita Balu e Shankar Ramakrishnan

(Reuters) - A Meta, dona do Facebook, deve levantar 10 bilhões de dólares em sua primeira oferta de títulos de dívida nesta quinta-feira, enquanto busca financiar recompras de ações e investimentos para renovar seus negócios, segundo duas fontes próximas da operação.

A oferta, que inclui títulos com vencimentos que variam de cinco a 40 anos, recebeu mais de 30 bilhões de dólares em demanda de investidores, disseram as fontes. A Meta não respondeu a um pedido de comentário.

Entre as grandes empresas de tecnologia, a Meta era a única sem ter tomado dívida. Isso pode dar mais espaço financeiro à medida que a empresa tenta financiar algumas iniciativas caras, como a do metaverso e o produto de vídeos curtos Reels, no momento em que seu caixa está se esgotando, disseram as fontes.

Um recente ressurgimento nos mercados de dívida corporativa no mês passado, após uma derrocada no início deste ano em meio à incerteza sobre as taxas de juros, deu à Meta uma janela para explorar o mercado agora, disseram as fontes.

Esta semana foi uma das mais movimentadas do ano, com empresas com grau de investimento dos EUA levantando quase 60 bilhões de dólares em mercados primários de títulos, segundo dados da Informa Global Markets.

Outros gigantes da tecnologia, como Apple e Intel, também emitiram dívida no início desta semana, levantando 5,5 bilhões e 6 bilhões de dólares, respectivamente.

Em julho, a Meta divulgou uma previsão pessimista e registrou sua primeira queda trimestral de receita, com pressões competitivas pesando em suas vendas de anúncios digitais.

No fim do segundo trimestre, a Meta tinha 4,45 bilhões de dólares em fluxo de caixa livre, ante 8,51 bilhões um ano antes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos