Mercado abrirá em 9 h 46 min
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,84
    -0,57 (-0,64%)
     
  • OURO

    1.797,70
    -0,40 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    23.966,69
    -969,33 (-3,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    567,95
    -22,82 (-3,86%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.105,08
    +64,22 (+0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.861,76
    -10,02 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.673,50
    -7,75 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1816
    +0,0031 (+0,06%)
     

Contratos de produtos de aço sobem na China com perspectiva de demanda

·2 min de leitura
Monte de carvão

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de vergalhão de aço e bobinas a quente subiram na quinta-feira, em meio à expectativa de que a demanda pelas entregas mais negociadas de maio se recuperem da fraca temporada de consumo.

Os futuros de vergalhão de construção mais ativos na Bolsa de Futuros de Xangai avançaram 1,3%, para 4.288 iuanes (679,53 dólares) por tonelada, estendendo os ganhos para a quarta sessão consecutiva.

Os futuros de bobinas laminadas a quente, usadas ​​no setor de manufatura, também subiram pela terceira sessão consecutiva, e fecharam em alta de 1,1%, para 4.703 iuanes por tonelada.

"A expectativa de demanda (para os contratos de maio) está melhorando e tem um desempenho melhor do que os contratos de janeiro, esperamos que os produtos de aço permaneçam fortes no longo prazo", escreveu a GF Futures em uma nota.

O consumo aparente dos cinco principais produtos de aço na China, incluindo vergalhão, bobinas a quente, bobinas a frio e outros, aumentou 2,6% até quinta-feira, para 9,79 milhões de toneladas, em relação à semana anterior, mostraram dados da consultoria Mysteel.

As matérias-primas para siderurgia na Bolsa de Commodities de Dalian caíram.

Os futuros do minério de ferro de referência, para entrega em janeiro, caíram 3,5%, para 601 iuanes por tonelada, enquanto o minério de ferro spot 62% caiu 1 dólar, a 104,5 dólares a tonelada na quinta-feira, de acordo com a consultoria SteelHome.

As mineradoras do Brasil exportaram 28,99 milhões de toneladas de minério de ferro em novembro, ante 29,15 milhões de toneladas no mesmo mês do ano anterior, segundo o governo.

Os futuros do carvão metalúrgico e coque, fecharam em quada, recuando em relação aos ganhos da sessão da manhã: 2,9% para 1.878 iuanes por tonelada e 1,7% para 2.710 iuanes por tonelada, respectivamente.

(Reportagem de Min Zhang em Pequim e Enrico Dela Cruz em Manila)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos