Mercado abrirá em 6 h 39 min
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,11
    +1,13 (+1,53%)
     
  • OURO

    1.755,60
    +3,90 (+0,22%)
     
  • BTC-USD

    44.209,83
    +2.173,95 (+5,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.104,09
    +1,03 (+0,09%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.366,62
    +174,46 (+0,72%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.393,00
    +74,25 (+0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2547
    -0,0009 (-0,01%)
     

Contratos futuros do aço caem na China; minério também recua

·1 minuto de leitura
Trabalhador em siderúrgica

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros do vergalhão de aço chinês foram negociados em intervalos limitados nesta segunda-feira, com leve queda ante máximas recentes, enquanto os preços das matérias-primas para a produção de aço despencaram.

A queda nos preços ocorreu apesar de estoques dos principais produtos de aço, incluindo materiais de construção e bobinas usadas no setor de manufatura, terem caído 2,8% na semana passada, para 10,71 milhões de toneladas, em relação à semana anterior, mostraram dados da consultoria Mysteel.

Enquanto isso, a produção semanal do metal ficou em 10,15 milhões de toneladas até 9 de setembro, de acordo com a Mysteel, queda de 7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

"Afetada pela situação do coronavírus e pelas inundações em julho e agosto, a demanda (de construção) deve aumentar durante a alta temporada", escreveram analistas da CITIC Futures em uma nota.

O vergalhão mais ativo na Bolsa de Futuros de Xangai, para entrega em janeiro, caiu 0,6% para 5.642 iuanes (874,40 dólares) por tonelada no fechamento.

O contrato futuro de bobinas laminadas a quente, usadas em carros e eletrodomésticos, fechou em queda de 1,7%, a 5.805 iuanes por tonelada.

O aço inoxidável na bolsa de Xangai, para entrega em outubro, caiu 2,3%, para 19.180 iuanes por tonelada.

Os preços das matérias-primas para a produção de aço na Bolsa de Commodity de Dalian caíram.

O minério de ferro de referência fechou em queda de 3,5%, para 706 iuanes, assim como o carvão metalúrgico, que recuou 6,3%

(Reportagem de Min Zhang e Shivani Singh)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos