Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,96 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,60 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    -0,56 (-0,52%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    21.291,81
    +92,61 (+0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,28 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,16 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,77 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    -7,75 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Contrato futuro de real cai 0,13% em bolsa norte-americana após liquidação da véspera

Cédulas de 50 reais e de 10, 20 e 50 dólares

SÃO PAULO (Reuters) - O real perdia valor em negociações na bolsa norte-americana de derivativos CME na manhã desta terça-feira, depois de oscilar em alta mais cedo na sequência da forte depreciação ante o dólar ocorrida na véspera por temores globais.

O contrato de real com vencimento em julho perdia 0,13%, para 0,1943 dólar por real, o equivalente a 5,1467 reais por dólar, depois de variar entre alta de 0,49% e queda de 0,46%.

Na segunda-feira, o real sofreu forte desvalorização nas operações no mercado à vista no Brasil, com o dólar chegando a subir 3% antes de fechar com ganho de 2,46%, a 5,112 reais na venda --maior alta diária em um mês.

Na manhã desta terça o mercado global de moedas parecia mais calmo, mas ainda apontava desempenho misto para divisas emergentes. No todo, as moedas emergentes avançavam 0,17% nesta sessão, conforme índice do JPMorgan, após queda de 1,2% na véspera --a mais intensa em três meses.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos