Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    47.856,82
    +310,00 (+0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Contratação de crédito rural no Brasil ultrapassa R$135 bi entre julho e janeiro

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A contratação de crédito rural para a safra 2020/21 no Brasil somou 135,3 bilhões de reais entre julho de 2020 e janeiro deste ano, alta de 17% em relação a igual período da temporada anterior, disse o Ministério da Agricultura nesta sexta-feira.

Segundo a pasta, o crédito para investimento registrou a maior expansão percentual entre os segmentos de contratação, com crescimento de 41% na comparação anual, para 43,52 bilhões de reais.

O crédito para custeio avançou 13% na mesma base de comparação, para 72,7 bilhões de reais.

O ministério também reportou contratações de 11,59 bilhões de reais para comercialização, alta de 9% no ano a ano, e de 7,59 bilhões de reais para industrialização, avanço de 4%.

"As aplicações de investimento se situaram em 1,75 bilhão de reais (7%) com contratações dos médios produtores (Pronamp), em 9,72 bilhões de reais (9%) para os pequenos agricultores (Pronaf) e para os demais produtores em 32,05 bilhões de reais (58,2%)", detalhou a pasta em nota.

O ministério ainda chamou atenção para uma expansão significativa, de 81%, nas contratações de crédito com recursos da poupança rural, que atingiram 41,09 bilhões de reais e responderam por 30% do crédito total na atual safra até janeiro.

O governo brasileiro destinou um recorde de 236,3 bilhões de reais em recursos para financiamentos pelo Plano Safra em 2020/21, montante 6,1% superior ao da temporada anterior.

(Por Gabriel Araujo)