Mercado fechará em 4 mins

Contas de luz poderão ser pagas via novo PIX, diz BC

Marcus Couto
·2 minutos de leitura
Contas de luz, agora também no PIX. (Foto: Allan Carvalho/NurPhoto via Getty Images)
Contas de luz, agora também no PIX. (Foto: Allan Carvalho/NurPhoto via Getty Images)

O PIX, sistema brasileiro de pagamentos instantâneos que deve substituir o DOC e o TED, poderá ser usado pelos consumidores para fazer o pagamento de contas de energia, segundo anunciou o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia também

A novidade é fruto de uma parceria entre o BC e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Segundo Campos Neto, houve um “acordo de cooperação técnica” entre os dois organismos que viabilizará os pagamentos.

O presidente ressaltou ainda a importância desses acordos para sedimentar a adoção e crescimento do PIX como forma de transferência de valores.

"São esses acordos iniciais que vão sedimentar a base para o PIX crescer de forma sustentável”, disse Campos.

Ainda segundo Campos, outros acordos semelhantes estariam sendo costurados com outros órgãos. "O processo de arrecadação do governo tem lacunas. A chegada do PIX vai preenchê-las", disse.

Quando estrear, no dia 16 de novembro, o novo PIX permitirá transferências bancárias, gratuitas para pessoas físicas, 24 horas por dia, 7 dias por semana, ao contrário do TED e DOC, que possuem taxas e limitações de horários. Outra vantagem é que o PIX utilizará um sistema de “chaves” pessoais, que substituirão o uso do número do banco e conta corrente para identificar o destinatário de cada transferência, facilitando o processo.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube