Mercado fechado

Conta de luz subiu mais que o dobro da inflação em sete anos

·1 min de leitura
Conta de luz reflete a criação de tarifas, secas e empréstimos concedidos ao setor elétrico.(Ricardo Funari Getty Images)
Conta de luz reflete a criação de tarifas, secas e empréstimos concedidos ao setor elétrico.(Ricardo Funari Getty Images)
  • Levantamento da Abraceel considera os aumentos entre 2015 e 2021;

  • No período a inflação foi de 48%, já a luz aumentou 114%;

  • O corte de subsídios, secas e empréstimos ao setor explicam o aumento nas tarifas de luz.

A tarifa da conta de luz residencial subiu 114% desde 2015. Os dados analisados pela Abraceel (Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia), e publicados pelo Estadão/Brodcast, mostram a diferença de 137% entre os aumentos na conta de luz e a inflação no período que foi de 48%.

O motivo para essa distancia nos valores é a criação de novos encargos e custos passados diretamente para os consumidores.

Leia Também:

O governo federal tem oferecido uma série de subsídios, descontos nos impostos, e empréstimos a distribuidoras e geradoras de energia para diminuir o impacto das secas nas hidrelétricas, por exemplo.

O valor da conta de luz começou a subir em 2015 por um corte aos subsídios do setor elétrico em 2015, pela então presidenta Dilma Rousseff (PT).

Para o o vice-presidente de energia da Abraceel, Alexandre Lopes, em entrevista ao Estadão, o custo da energia elétrica continuará subindo ao longo dos próximos anos.

Lopes explica a razões dos contínuos aumentos, "Temos custos de 2021 ainda não repassados para as tarifas. Então, devemos ter um aumento acima da inflação em 2022. Quando o novo empréstimo ao setor elétrico começar a ser pago, impactará ainda mais as tarifas. Então, parte desses custos da crise será neste ano, e outras parcelas nos próximos anos".

O TCU (Tribunal de Contas da União) publicou um relatório no dia 10/01 onde questionava a série de empréstimos concedidos ao setor elétrico e prevê um aumento sucessivo nas contas de luz da população brasileira.

Com informações do Estadão e O Dia

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos