Mercado fechado

Conta de água vai ficar mais cara em São Paulo

Conta de água vai ficar mais cara em junho. A Sabesp recebeu a autorização da Arsesp para reajustar a cobrança no mês que vem. (Pixabay)

A conta de água deve ficar mais cara em São Paulo em breve. A Sabesp recebeu nesta quinta-feira, 10, a autorização da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) para reajustar em 3,5% a cobrança mensal.

A nova cobrança começa a valer em 30 dias e vai alterar os valores cobrados do consumidor. Quem consome até 10m³ por mês terá uma tarifa mínima de R$ 50, um aumento de R$ 1,70, enquanto quem consome de 11 m³ a 20 m³ pagará R$ 3,91 por m³ de consumo.

Entenda

O aumento anunciado nesta semana integra a revisão tarifária da empresa, realizada a cada quatro anos, que considera a projeção de demanda de água e os custos operacionais. O último aumento da tarifa aconteceu em novembro de 2017.