Consumo de eletricidade cresce 6,3% em novembro

O consumo de energia elétrica no Brasil em novembro atingiu 38,7 mil gigawatts-hora (GWh), o que representa um crescimento de 6,3% ante o verificado em igual mesmo mês de 2011, na maior taxa registrada neste ano, informou nesta sexta-feira (28) a Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Conforme a EPE, a ocorrência de temperaturas elevadas impulsionou o consumo do setor de comércio e serviços e também das residências, que registraram a maior expansão do ano neste mês. A classe comercial registrou expansão de 13,7% frente a novembro do ano passado, na maior taxa de crescimento para o mês de novembro na série constituída pela empresa desde 2005. Já no segmento residencial, o aumento do consumo foi de 9,9%.

"O aumento da renda e a estabilidade no emprego são fatores que explicam o aumento estrutural do consumo das famílias: aumentou o estoque de eletrodomésticos nas residências, especialmente de condicionadores de ar. A expectativa de recordes nas vendas do setor de climatização residencial sugere uma participação crescente desses equipamentos", afirmou a EPE em sua mais recente edição da Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, divulgada nesta sexra.

As indústrias também apresentaram consumo maior, de 15.508 GWh em novembro, 0,2% acima do mesmo mês de 2011, na primeira taxa positiva após cinco quedas consecutivas. Na série livre de influências sazonais, houve avanço de 0,6% frente a outubro, o que pode ser um sinal de recuperação do nível de atividade industrial, conforme destaca a EPE, lembrando que em outubro foi apurado crescimento de apenas 0,1%.

Carregando...