Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -0,21 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    24.360,30
    -133,81 (-0,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,22 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,68 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +2,25 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2027
    -0,1210 (-2,27%)
     

Consumidores dos EUA sobem projeção de inflação para próximo ano, mostra Fed de NY

(Reuters) - Os consumidores norte-americanos elevaram sua projeção de inflação para o próximo ano, mas esperam um ritmo mais moderado de alta dos preços num prazo mais longo, sinal de que as expectativas de inflação --fator-chave que está sendo observado de perto por autoridades do Federal Reserve-- permanecem razoavelmente ancoradas, mostrou uma pesquisa do Fed de Nova York nesta segunda-feira.

A expectativa mediana dos consumidores para a taxa de inflação no próximo um ano subiu para 6,8% em junho, a maior desde o lançamento da pesquisa em 2013, ante 6,6% em maio. Mas sua visão para a inflação daqui a três anos caiu para 3,6%, menor nível desde janeiro, contra 3,9% antes.

Com o Fed tendo aumentado os custos dos empréstimos em 1,5 ponto percentual até agora neste ano e com expectativa de mais por vir, os consumidores estão ficando mais pessimistas sobre suas finanças pessoais e o mercado de trabalho.

Pela primeira vez nos nove anos da série, mais da metade dos entrevistados disse que sua situação financeira se tornou "muito pior" ou "um pouco pior" no último ano. Enquanto isso, quase 45% disseram o mesmo sobre suas expectativas de bem-estar financeiro pessoal no próximo ano, também uma máxima da série.

Os consumidores, em média, enxergam probabilidade de 40,4% de que a taxa de desemprego esteja maior daqui a um ano, acima dos 38,6% de probabilidade relatados em maio.

(Por Dan Burns)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos