Mercado fechará em 15 mins
  • BOVESPA

    108.496,67
    -617,48 (-0,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.185,37
    +376,81 (+0,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,60
    +1,89 (+2,46%)
     
  • OURO

    1.636,10
    +2,70 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    19.027,06
    -158,65 (-0,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    436,64
    -22,50 (-4,90%)
     
  • S&P500

    3.645,30
    -9,74 (-0,27%)
     
  • DOW JONES

    29.123,71
    -137,10 (-0,47%)
     
  • FTSE

    6.984,59
    -36,36 (-0,52%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.299,75
    -16,50 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1573
    -0,0221 (-0,43%)
     

Com quase R$600 mi em dívidas, construtora Rossi pede recuperação judicial

SÃO PAULO (Reuters) -A construtora Rossi informou nesta segunda-feira que pediu recuperação judicial, após vários anos de fragilidade financeira, com caixa quase vazio e dívidas de aproximadamente 600 milhões de reais.

"O pedido de recuperação judicial representa uma etapa fundamental no processo de equacionamento econômico-financeira iniciado em dezembro de 2017, com a reestruturação de dívidas corporativas contratadas junto a instituições financeiras", informou a Rossi.

No balanço do segundo trimestre, último dado público disponível, a Rossi afirmou que tinha dívida líquida de 594,5 milhões de reais e uma posição de caixa de 4,4 milhões.

"A administração confia que a recuperação judicial é o instrumento adequado para viabilizar uma solução global e definitiva para a readequação do fluxo de caixa (...) a manutenção de sua normalidade operacional e a retomada da expansão de suas atividades", diz trecho do documento.

(Por Aluísio Alves)