Mercado abrirá em 5 h 13 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,16
    +0,71 (+0,94%)
     
  • OURO

    1.741,50
    -10,50 (-0,60%)
     
  • BTC-USD

    41.794,05
    -2.050,73 (-4,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.036,77
    -64,75 (-5,88%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.032,13
    -31,27 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    24.481,27
    +272,49 (+1,13%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    15.016,25
    -178,50 (-1,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2839
    -0,0229 (-0,36%)
     

Constelação da OneWeb recebe 34 novos satélites e chega a 288 unidades em órbita

·2 minuto de leitura

Neste sábado (21), a Arianespace lançou novos 34 satélites da OneWeb com um foguete Soyuz, no Cosmódromo de Baikonur. Com o lançamento, a constelação da empresa já chega a 288 unidades para que, futuramente, entregue conectividade global de alta velocidade para clientes variados. Já no domingo (22), a OneWeb confirmou o sucesso da missão.

Segundo a OneWeb, a missão durou três horas e 45 minutos, e os satélites se separaram do foguete após nove sequências. O lançamento marcou a primeira missão comercial realizada entre a Arianespace e a afiliada Starsem, em sequência a quatro lançamentos anteriores feitos nas instalações do Cosmódromo de Vostochny.

Stéphane Israël, CEO da Arianespace, parabenizou as equipes que participaram do lançamento. “Cada uma das missões é especial, mas a ST34 é a demonstração da nossa capacidade de, não importa quando ou onde, entregar o melhor serviço possível!”, disse ele, em um comunicado. “Em qualquer momento, com qualquer massa, em qualquer órbita: isso é, novamente, o que alcançamos para o benefício dos nossos clientes”.

O lançamento estava programado para acontecer no dia 19 de agosto, mas foi adiado após um “evento não-nominal durante a sequência automática final”. O problema foi resolvido e o lançamento foi adiado para o dia seguinte, mas a OneWeb solicitou um atraso de mais 24 horas para permitir “tempo adicional para a preparação do planejamento da missão ligado ao lançamento atualizado”.

Quando estiver finalizada, a ideia é que a constelação da OneWeb funcione como uma plataforma global que proporcione acesso mesmo em locais remotos, fornecendo conectividade de alta velocidade e baixa latência para clientes de setores como aviação, marítimo, empresarial e governamental. A Arianespace ainda irá realizar mais dez lançamentos para a OneWeb até o ano que vem, para que a constelação de satélites seja finalizada antes do fim de 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos