Mercado fechará em 2 h 25 min
  • BOVESPA

    125.457,20
    +845,17 (+0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.190,51
    +279,98 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,50
    +0,85 (+1,19%)
     
  • OURO

    1.800,30
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    39.535,05
    +1.676,62 (+4,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    926,49
    -3,44 (-0,37%)
     
  • S&P500

    4.392,53
    -8,93 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.920,60
    -137,92 (-0,39%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.960,25
    +12,50 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1103
    +0,0019 (+0,03%)
     

Conselho de mineração de Bitcoin revela resultados de primeira pesquisa

·2 minuto de leitura
Saldo de Bitcoin em exchanges despenca e dá sinal positivo ao mercado

O Conselho de Mineração do Bitcoin (BMC) anunciou os resultados da sua primeira pesquisa trimestral focada em duas métricas importantes, o consumo de eletricidade e o mix de energia sustentável.

O BMC é um fórum global voluntário de empresas de mineração de Bitcoin (BTC) e outras empresas do setor. Ele revelou que coletou com sucesso informações sobre energia sustentável de mais de 32% da atual rede global da criptomoeda.

De acordo com os resultados da pesquisa, os membros da BMC e os participantes da pesquisa estão atualmente utilizando eletricidade com um mix de energia sustentável de 67%.

Com base nisso, estima-se que o uso desse tipo de energia na indústria de mineração global tenha crescido aproximadamente 56% durante o segundo trimestre de 2021. Isso a torna uma das indústrias mais sustentáveis do mundo. A publicação desses dados também marca a primeira divulgação trimestral do BMC, fundado em maio de 2021.

Conselho de Mineração de Bitcoin

O BMC foi fundado por algumas das maiores empresas de mineração de Bitcoin do setor, juntamente com a MicroStrategy. Em um comunicado, o CEO da companhia, Michael Saylor, elogiou a criação do conselho.

Ele afirma que esse foi um passo importante para trazer mais transparência e compreensão para a indústria de mineração de criptomoedas. Ele então acrescentou que o envio voluntário de dados de mineração pelos participantes ajudará a desmistificar a indústria de mineração do ativo.

“Estou satisfeito em ver que a indústria de mineração de Bitcoin se uniu, voluntariamente, para fornecer informações críticas ao público em geral e aos legisladores, especialmente no que se refere a esclarecer equívocos comuns sobre a natureza e a escala do uso de energia do Bitcoin”, disse Saylor.

Darin Feinstein, fundador da Blockcap e Core Scientific, destacou que a pesquisa veio em um momento crucial. Ela lança luz sobre uma indústria opaca enquanto essas operações de mineração estão sendo proibidas na China.

Feinstein enfatizou que, apesar do país interromper 60% da rede global da moeda, “ela experimentou tempo de inatividade zero, nenhum resgate, não registrou falências e simplesmente se adaptou reimplantando sua infraestrutura em regiões com maiores liberdades”.

O artigo Conselho de mineração de Bitcoin revela resultados de primeira pesquisa foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos