Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.389,73
    -95,20 (-0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Conselho do FMI deve aprovar primeira revisão de ferramenta para Argentina em 24 de junho, diz fonte

Logo do FMI em sua sede em Washington

LONDRES (Reuters) - O conselho executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI) deve aprovar a primeira revisão de seu Mecanismo de Financiamento Estendido de 44 bilhões de dólares para a Argentina em uma reunião marcada para 24 de junho, disse à Reuters uma fonte familiarizada com o assunto nesta sexta-feira.

O FMI anunciou em 8 de junho que havia chegado a um acordo a nível técnico sobre uma estrutura macroeconômica atualizada com autoridades da Argentina --o maior devedor do Fundo. O FMI disse na época que "todas as metas quantitativas do programa" para o primeiro trimestre do ano foram cumpridas.

Uma segunda fonte confirmou que a reunião está marcada para sexta-feira. O FMI não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A aprovação da revisão permitiria ao governo argentino ter acesso a 4,03 bilhões de dólares. O programa tem um total de dez revisões trimestrais por um período de 30 meses.

(Por Jorgelina do Rosario)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos