Mercado abrirá em 5 h 48 min
  • BOVESPA

    108.651,05
    +248,77 (+0,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.241,81
    -113,09 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,85
    -0,65 (-0,72%)
     
  • OURO

    1.806,50
    -5,80 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    22.960,30
    -904,82 (-3,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    533,17
    -24,18 (-4,34%)
     
  • S&P500

    4.122,47
    -17,59 (-0,42%)
     
  • DOW JONES

    32.774,41
    -58,13 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.488,15
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    19.529,59
    -473,85 (-2,37%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.004,25
    -27,25 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2525
    +0,0198 (+0,38%)
     

Conselheiros da NASA se preocupam com sucessoras da Estação Espacial Internacional

Conselheiros da NASA se preocupam com sucessoras da Estação Espacial Internacional
Conselheiros da NASA se preocupam com sucessoras da Estação Espacial Internacional
  • As estações espaciais comerciais que devem assumir as funções da Estação Espacial Internacional são alvos de preocupações;

  • Conselheiros da NASA temem que elas não estarão prontas até 2030 fim da vida útil da Estação Espacial Internacional;

  • A NASA anteriormente concedeu contratos à Blue Origin, Nanoracks e Northrop Gumman para projetar essas estações espaciais

A Estação Espacial Internacional (ISS na sigla em inglês) tem sido de suma importância para as naves da NASA desde o seu lançamento em 1998, mas com a sua era chegando ao fim, alguns dos conselheiros de segurança da agência espacial estão ficando preocupados com o que vem a seguir, de acordo com um relatório da SpaceNews.

Em uma reunião do Painel Consultivo de Segurança Aeroespacial ontem, os conselheiros da NASA levantaram preocupações de que as estações espaciais comerciais que devem assumir as funções da Estação Espacial Internacional não estarão prontas antes que a ISS caia no Oceano Pacífico no final de seu período útil em 2030.

Essas estações espaciais fazem parte do programa Commercial Low Earth Orbit Destinations, e a NASA anteriormente concedeu contratos à Blue Origin, Nanoracks e Northrop Gumman para projetar estações espaciais que ajudarão a NASA substituir a ISS quando chegar o momento.

Os planos de transição da ISS para estações espaciais comerciais “estão em uma trajetória precária para a realização em um cronograma e dentro dos recursos projetados necessários para manter uma presença da NASA”, disse Patricia Sanders, presidente do Painel Consultivo de Segurança Aeroespacial, conforme citado pela SpaceNews. “Esta é uma área de preocupação para nós.”

A mudança da NASA para colocar estações espaciais nas mãos de empresas privadas ajudará a agência a economizar muito dinheiro: a NASA informou ao Congresso que projeta US $ 1,3 bilhão em economias em 2031 e US $ 1,8 bilhão por ano até 2033. Essas economias, no entanto, podem custar a presença da NASA na órbita baixa da Terra se uma estação espacial comercial não estiver pronta para lançamento até 2030, o que é uma possibilidade provável.

O Escritório do Inspetor Geral da NASA disse em um relatório de 2021 que pesquisas futuras usando microgravidade que poderiam ajudar em missões tripuladas à Lua e Marte simplesmente não estarão prontas até 2030.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos