Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.438,12
    +2.295,31 (+7,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Conmebol suspende a Marcelo Moreno por um jogo e aplica multa de 20 mil dólares

·1 minuto de leitura
O atacante Marcelo Moreno celebra gol marcado pela Bolívia sobre o Chile, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022

A Conmebol suspendeu por uma partida e multou em 20 mil dólares o atacante Marcelo Moreno, da seleção da Bolívia, por culpar a entidade por estar contaminado por covid-19 durante a Copa América, informou nesta sexta-feira a Comissão Disciplinar disciplinar do órgão que rege o futebol sul-americano.

A confederação resolveu "suspender o jogador Marcelo Martins Moreno por um jogo, consequentemente o jogador está automaticamente suspenso da próxima partida de sua equipe" na Copa América, segundo comunicado.

Marcelo Moreno, maior artilheiro da história da seleção boliviana, testou positivo para covid-19 e depois publicou uma mensagem no Instragram com críticas à Conmebol. “Obrigado a vocês da Conmebol por isso. A culpa é toda sua !!!”.

O jogador que atua no Cruzeiro se retratou da postagem publicada após a autoridade sanitária brasileira ter notificado cinquenta casos de coronavírus vinculados à Copa América.

O atacante boliviano, que completa 34 anos nesta sexta, dia do jogo com o Chile, foi suspenso deste duelo em Cuiabá, embora não pudesse jogar de qualquer maneira porque está infectado com o coronavírus.

A Bolívia relatou três casos do vírus antes da competição, enquanto outros dois jogadores foram infectados durante o torneio.

Venezuela, Colômbia, Peru e Chile também registraram casos positivos em membros de suas delegações, incluindo jogadores de futebol, embora não tenham divulgados os nomes.

A Conmebol revelou que um total de 65 pessoas testaram positivo para covid-19 desde que a Copa América começou no Brasil no último domingo.

bur-ol/ma/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos