Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.811,74
    +1.141,84 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.352,18
    -275,49 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,80
    +0,10 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.732,40
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    60.022,26
    +382,59 (+0,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.288,55
    -6,03 (-0,47%)
     
  • S&P500

    4.127,99
    -0,81 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.745,40
    -55,20 (-0,16%)
     
  • FTSE

    6.889,12
    -26,63 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.453,28
    -245,52 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    29.538,73
    -229,33 (-0,77%)
     
  • NASDAQ

    13.814,50
    +5,75 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8291
    +0,0649 (+0,96%)
     

Conmebol suspende eliminatória sul-americana em março por restrições na Europa

·1 minuto de leitura

ASSUNÇÃO (Reuters) - A Conmebol decidiu neste sábado suspender as próximas datas das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo previstas para fim de março devido às dificuldades para a participação de jogadores que atuam na Europa.

As equipes deveriam jogar uma rodada dupla entre 25 e 30 de março do torneio que começou em outubro, mas as partidas estavam em dúvida devido à resistência dos clubes europeus em ceder seus jogadores em meio às restrições de quarentena pela pandemia de coronavírus.

"O Conselho da Conmebol resolveu suspender a rodada dupla das Eliminatórias para Catar 2022 prevista para março. A decisão segue-se à impossibilidade de contar a tempo e forma com todos os jogadores sul-americanos", disse a entidade em sua conta do Twitter.

"A Fifa analisará a reprogramação da rodada, em coordenação com a Conmebol e as associações. Em breve serão estudadas as diferentes opções para a realização das partidas", completou.

Na quinta rodada estavam previstos os encontros entre Bolivia-Peru, Venezuela-Equador, Chile-Paraguai, Colômbia-Brasil e Argentina-Uruguai. Na sexta rodada deveriam se enfrentar Equador-Chile, Uruguai-Bolívia, Paraguai-Colômbia, Peru-Venezuela e Brasil-Argentina.

(Reportagem de Daniela Desantis)