Mercado abrirá em 6 h 9 min
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,86
    +0,46 (+0,41%)
     
  • OURO

    1.807,80
    -11,10 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    29.879,77
    -575,40 (-1,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,15
    +428,47 (+176,56%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    +53,55 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    20.597,50
    -5,02 (-0,02%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    12.519,75
    -40,50 (-0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1974
    -0,0130 (-0,25%)
     

Conjunção incrível! Vênus e Júpiter estarão juntinhos no céu neste fim de semana

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Neste fim de semana, Júpiter e Vênus estarão bem juntinhos, proporcionando um espetáculo no céu noturno a partir de 30 de abril. Não será necessário o uso de binóculos ou telescópio, mas os observadores terão que esperar até o final da madrugada. A última vez que uma conjunção tão próxima aconteceu foi em 2016, e ela não se repetirá até março de 2023.

Na madrugada do dia 30 abril (sexta para sábado), a dupla de planetas estará separada por apenas 31 minutos de arco de distância, e será mais fácil de observar após as 5h00 da manhã, quando estiverem a cerca de 20° acima do horizonte. Se você estiver em uma área de boa visibilidade e horizonte desobstruído (não encoberto por árvores ou casas), vale a pena começar a observar às 4h00.

Já na madrugada seguinte (1° de maio, às 4h40), eles estarão ainda mais próximos, com distância de apenas 27 minutos de arco. Para você ter uma ideia da proximidade a Lua Cheia, por exemplo, ocupa 30 minutos de arco no céu. Ou seja, só um pouquinho mais larga do que a distância que vai separar os dois planetas nesta conjunção. A Lua não aparecerá nessa data.

A conjunção entre os planetas Vênus e Júpiter por volta das 4h45 do dia 1° de maio (Imagem: Reprodução/Stellarium)
A conjunção entre os planetas Vênus e Júpiter por volta das 4h45 do dia 1° de maio (Imagem: Reprodução/Stellarium)

A janela de observação é curta, já que a luz solar começa a surgir logo abaixo dos planetas por volta das 6h. Entretanto, o Sol nasce apenas às 6h40, então há alguma chance de ter uma bela visão de Vênus ainda no comecinho do amanhecer (como normalmente acontece). Júpiter estará consideravelmente menos brilhante que Vênus, então será interessante observar como estes mundos desaparecerão à medida que o Sol toma conta do cenário.

Mesmo após o dia 1° de maio, o alinhamento dos planetas na direção Leste continuará, com a distância entre alguns deles aumentando cada vez mais. No final de maio, teremos outras conjunções, como Marte eJúpiter e Vênus e Lua.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos