Mercado abrirá em 3 h 47 min

Conheça as 7 maiores promessas do Brasil, depois de Reinier e Talles Magno

O palmeirense Veron, de 17 anos, vem sendo monitorado por Real Madrid e Barcelona (Reprodução/Instagram)

Que o rubro-negro Reinier e o vascaíno Talles Magno são as mais novas joias do futebol brasileiro, isso ninguém duvida. Mas o Blog resolveu garimpar outras jovens promessas, para descobrir quem são aqueles candidatos a ídolos em seus clubes daqui a alguns anos. Nesta matéria, vamos listar sete garotos que ainda não estouraram no profissional, mas têm tudo para fazer história e valer, daqui a pouco tempo, muitos milhões de reais.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

1- Cauê (Corinthians)
Centroavante de 17 anos, Cauê Vinícius dos Santos pertence ao Corinthians. Contratado do Novorizontino depois da Copa São Paulo de juniores, em janeiro, o garoto já soma 20 gols em 35 jogos pelo sub-17. Comparado frequentemente a Aubameyang e Jô, Cauê chegou a estrear profissionalmente no Novorizontino com apenas 16 anos, chamando a atenção de vários clubes brasileiros. Ele já tem contrato profissional, que só termina em março de 2022.

Leia também:

2- Ed Carlos (São Paulo)
Eleito pelo jornal inglês The Guardian como uma das 60 maiores promessas do futebol mundial, o meia Ed Carlos, de 18 anos, tem o estilo de Ganso. Alto, inteligente e de passes cerebrais. Mas ele costuma ser bem mais intenso do que o meia do Fluminense. “O Ed Carlos pensa dois segundos antes do que qualquer outro jogador”, escreveu The Guardian. Apesar de ter feito 18 anos em março, ele já é titular do sub-20 tricolor e soma 35 jogos na temporada. Seu contrato se encerra em junho de 2022.

3- Elias (Grêmio)
O substituto de Everton Cebolinha no Grêmio será Pepê, uma das sensações do time. E o trabalho na base gremista é tão bom que o sucessor de Pepê já é conhecido: trata-se de Elias, ponta-esquerda de apenas 17 anos e um dos astros da sua idade no Brasil. O garoto revelado no Guarani caiu nas graças do torcedor do Grêmio em janeiro depois de marcar dois gols na vitória por 4 a 1 em cima do Inter - um deles foi um golaço. Mesmo com atacante de lado, Elias se tornou um dos artilheiros da Copa do Brasil sub-20.

4- Gabriel Veron (Palmeiras)
Ele nunca pisou no time principal do Palmeiras, mas já recebeu duas propostas de 10 milhões de euros, uma da Inglaterra e outra da Espanha. Isso porque acabou de completar 17 anos. Esse é Gabriel Veron, atacante tido no Allianz Parque como a maior promessa da base desde Gabriel Jesus. Veron é titular absoluto do finalista Brasil no Mundial sub-17. Sua multa rescisória é de 60 milhões de euros e o Verdão promete usá-lo bastante no time de cima a partir de 2020. Capaz de alcançar 38 km/h, Veron tem muito do estilo de Dudu, maior ídolo alviverde no atual elenco.

5- Kaio Jorge (Santos)
Quem disse que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar precisa conhecer a história do Santos. É que depois de revelar Robinho, Neymar e Rodrygo, o Peixe está apresentando ao mundo o atacante Kaio Jorge, de apenas 17 anos. E o artilheiro, com multa de 100 milhões de euros, tem muito em comum com Neymar. Ambos vieram do futsal, fizeram história em um torneio da cidade de Santos, são os mais jovens a marcar na Copinha (só 15 anos)... E Kaio Jorge foi aprovado no Santos após um teste que só durou cinco minutos. Depois, logo em seu primeiro treino, ele marcou nove gols no time que tinha como craque Rodrygo.

6- Yan (Coritiba)
Engana-se quem pensa que a lista só tem atacantes e meias. E o responsável por quebrar essa escrita é o lateral-direito Yan, do Coritiba. Outro brasileiro na lista do Guardian, ao lado de Ed Carlos, Talles Magno e Reinier. No Coxa desde os dez anos de idade, Yan ainda não estreou no time principal, mas tem encantado no Mundial sub-17 por causa do talento com a bola nos pés e firmeza na defesa. O único senão é o fato de seu contrato com o Coritiba terminar em dezembro do ano que vem.

7- Yuri Cesar (Flamengo)
Depois de Vinícius Júnior, Paquetá e Reinier, a mais nova promessa do Flamengo é o ponta-esquerda Yuri Cesar, de 19 anos. Dono de uma multa rescisória de 50 milhões de euros, o garoto já soma 14 gols em 38 jogos na temporada e figura entre os artilheiros do Brasileiro sub-20. Yuri ainda foi um dos protagonistas no título da Taça Guanabara deste ano, batendo o Vasco. Na Gávea desde 2009, ele esteve uma vez entre os relacionados para uma partida do time principal. E é monitorado há tempos pelo Real Madrid.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter