Mercado fechará em 6 h 19 min
  • BOVESPA

    101.259,75
    -658,25 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,52 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,95
    -0,90 (-2,26%)
     
  • OURO

    1.907,70
    +2,50 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    13.132,21
    +55,20 (+0,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    263,22
    +1,76 (+0,67%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,13 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.832,86
    -27,42 (-0,47%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.561,75
    -101,75 (-0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6764
    +0,0125 (+0,19%)
     

Conheça a Wicar, startup que oferece delivery de limpeza e manutenção de carros

Nathan Vieira

As pessoas têm aproveitado a praticidade fornecida pelos aplicativos para contratar serviços como entrega de comida e motorista particular. No entanto, uma pequena empresa mineira chamada Wicar resolveu levar essa praticidade a outro setor: o de estética automotiva. Basicamente, você chama e eles vêm lavar o seu carro, além de fazer vários outros serviços. Por enquanto, a Wicar atende apenas Belo Horizonte, mas a ideia é que o negócio seja expandido para os estados de São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro e Pernambuco em 2020.

Um diferencial é que a empresa é liderada por duas mulheres: Andressa Molinari e a CEO Magali Alvarenga. Elas contam que as pessoas estranham o fato de um negócio de carros ter mulheres à frente, mas não se deixam intimidar por isso.

“Quando comecei, com apenas 23 anos, muitos perguntavam se a empresa era do meu pai e, de imediato e com muito orgulho, falava que não. Comprei meu primeiro lava-jato de um cliente que estava precisando de dinheiro e, por isso, estava passando o ponto. Paguei com o dinheiro que economizava do meu estágio. Trabalho desde os 19 anos e sempre tive necessidade de empreender. Para todo canto que olho, vislumbro uma oportunidade de negócio”, conta Magali.

Por sua vez, Andressa acrescenta:

“Em um ambiente masculino, principalmente no setor automotivo, é uma alegria de saber, mesmo que timidamente, que empreendedorismo feminino ganha cada vez mais força no país, promovendo transformações na sociedade e na economia. É gratificante saber que faço parte do time de empreendedoras desse país e em cargo de liderança. A dificuldade de encontrar mulheres em cargos de destaque nos negócios pode gerar uma sensação de impossibilidade, mas isso não é motivo para desânimo”.

As sócias da Wicar, Magali (esquerda) e Andressa (direita) (Foto: Divulgação)
As sócias da Wicar, Magali (esquerda) e Andressa (direita) (Foto: Divulgação)

Sobre a startup em si, uma das expectativas é aumentar em 30% a capacidade de atendimento na capital mineira. “Se temos como nossos pilares a satisfação do cliente e a melhoria constante do nosso trabalho, o crescimento da Wicar é uma aposta que faço sem medo. Já estamos colhendo ótimos resultados em BH e agora é concentrar nossos esforços na expansão, sem deixar de lado a qualidade do serviço”, afirma Magali. Os serviços da empresa custam a partir de R$ 30. A startup ainda possui um aplicativo que pode ser baixado na App Store ou Play Store e já tem mais de 60 pontos de atendimento fixos em BH.

A Wicar foi acelerada pelo SEED – Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development, agente responsável pelo fomento do ecossistema de empreendedorismo e inovação. “Fomos selecionadas com mais 39 startups. É bom saber que conseguimos participar do projeto do Seed, única iniciativa desse tipo mantida com recursos públicos no país. Todos os selecionados trabalharam duro para potencializar a interação, as redes e a transferência de conhecimento e habilidades, apoiados pelo ecossistema empreendedor local, nacional e mundial. Desde então, a Wicar se motiva diariamente para impulsionar o negócio, baseada na lógica da Startup e seus benefícios para o público”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: